FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Imagem Desdobramento
Iniciativas
Linha da APAV já tem atendimento personalizado em Língua Gestual Portuguesa
A partir de hoje, 6 de dezembro, a Associação de Apoio à Vítima (APAV) tem atendimento telefónico e presencial personalizado em Língua Gestual Portuguesa. A iniciativa dirigida à comunidade surda, em todo o país, resulta de uma parceria estabelecida com a Fundação PT.

 

O atendimento personalizado a surdos será gratuito e efetuado por via do acesso ao serviço de vídeo-interpretação, por telemóvel ou online, para todos os que contactarem a Linha de Apoio à Vítima da APAV, através do número 116 006.

 

Nos centros de atendimento da APAV, estará também um profissional capacitado para este atendimento com recurso a um intérprete de Língua Gestual Portuguesa que através de videochamada irá intermediar a relação com o utente surdo. Deste modo, os mais de 120 mil cidadãos surdos do país passam a partir de hoje a contar com um atendimento mais inclusivo, que visa dar a esta comunidade as condições necessárias para usufruir dos serviços de apoio à vítima de crime, suas famílias e amigos, através de serviços de qualidade, confidenciais e gratuitos.

 

Esta solução inovadora da Fundação PT, em parceria com a Serviin, pretende contribuir para que exista atendimento adaptado à comunidade surda, procurando dar resposta às necessidades específicas da população com necessidades especiais.

 

A Linha de Apoio à Vítima, 116 006, é um serviço de atendimento telefónico personalizado e qualificado que informa, e aconselha e apoia quem foi vítima de crime, de qualquer crime, seus familiares e amigos, através da prestação de informação sobre os seus direitos, de apoio psicossocial, bem como de aconselhamento sobre questões financeira e práticas decorrentes do crime.

 

PUBLICIDADE

Por vezes mais é menos

Por vezes mais é menos

© 2017 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview