FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Imagem Desdobramento
Saúde
Quedas são responsáveis por metade das hospitalizações na população idosa
As quedas são um dos problemas mais comuns na população idosa e são a causa de metade das hospitalizações nesta faixa etária. Apesar de estarem associadas a múltiplos fatores, a prática monitorizada de exercício físico que melhore a força e o equilíbrio pode reduzir significativamente o risco de queda. Para isso, as boas práticas de um envelhecimento ativo e saudável e a implementação de programas de prevenção são fundamentais.

 

O Fraunhofer Portugal AICOS está a desenvolver o FallSensing, uma tecnologia que pretende prevenir quedas na população adulta, em parceria com a empresa Sensing Future Technologies e a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTeSC Coimbra Health School). Os primeiros resultados da investigação serão apresentados no 1st Meeting FallSensing 2017, que decorre amanhã, dia 10 de fevereiro, na ESTeSC Coimbra Health School.

 

O projeto FallSensing é uma solução tecnológica que permite avaliar os fatores de risco de queda e implementar planos de exercício preventivo, dando biofeedback durante a sua execução. Os dados são armazenados numa plataforma de registo clínico, para que os profissionais de Saúde possam acompanhar o indivíduo e personalizar o programa de treino.

 

Os programas também podem ser recomendados de forma automática, adaptando-os continuamente à evolução do utilizador. O produto final deste projeto será simples, adaptável, transportável e com custos de utilização reduzidos, para que todos os utilizadores considerados em risco de queda tenham a possibilidade de minimizar este risco e prevenir as quedas. Esta solução tecnológica está a ser testada e validada por fisioterapeutas da ESTeSC em clínicas, casas de repouso, municípios e unidades de Saúde locais.

 

O projeto FallSensing é cofinanciado pelo programa Portugal 2020 e pelo Fundo de Desenvolvimento Regional da União Europeia.

 

PROGRAMA

 

09h00 |    Abertura do Secretariado

 

09h30 |    Sessão de Abertura

 

Nuno Ferreira – vice-presidente do Instituto Politécnico de Coimbra
Jorge Conde – presidente da ESTeSC Coimbra Health School
Pedro Mendes – Sensing Future Technologies
Inês Sousa – presidente do Conselho Científico da Fraunhofer Portugal

 

10h00 |  Envelhecimento, Tecnologia e “Envelhecer em Casa”: Desafios para os serviços, sistemas e políticas

 

Artur Trindade Mimoso – Serviços Partilhados do Ministério da Saúde
Carlos Mendonça – Câmara do Nordeste, S. Miguel, Açores
Moderador: Telmo Pereira – ESTeSC Coimbra Health School

 

10h45 |  Pausa para café e Exposição de Pósteres

 

11h00 |  FallSensing: Visão global do projeto

 

Como começou? | Pedro Mendes – Sensing Future Technologies
O contributo de tecnologias inovadoras | Inês Sousa – Fraunhofer Portugal
Resultados do rastreio, planeamento da intervenção | Anabela Correia Martins – ESTeSC Coimbra Health School

 

12h30 |  Almoço

 

14h00 |  Conferência Internacional: Cooperação e Políticas Globais para um Envelhecimento Ativo e Saudável

 

Implementar um envelhecimento ativo e saudável segundo as recomendações da​ Organização Mundial de Saúde | Alakanadra Benerjee – Dharma Foundation of India e All India Senior Citizen Confederation
Funcionalidade da pessoa idosa no Brasil: uma análise da Pesquisa Nacional de Saúde​ | Ruth Losada de Menezes – Universidade de Brasília
Moderadora: Anabela Correia Martins – ESTeSC Coimbra Health School

 

15h30 |  Pausa para café e Exposição de Pósteres

 

16h00 |  FallSensing – Estudos de Caso

 

Daniela Baltazar – ESTeSC Coimbra Health School
Catarina Silva​ – ESTeSC Coimbra Health School
Moderador: Luís Cavalheiro – ESTeSC Coimbra Health School

 

16h30 |  Conclusões

 

17h00 |  Sessão de Encerramento
© 2018 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview