FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Imagem Desdobramento
Saúde
Projeto potencia olfato do cão na deteção de baixas de glicemia em doentes diabéticos
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a diabetes mata mais de 12 pessoas por dia em todo o mundo. Em Portugal, estima-se que quase um milhão de pessoas sofram desta doença. Sob o mote “Ajude-nos a ajudar, por uma Diabetes melhor”, a Associação Pata D’ Açúcar – Medical Dogs for Diabetics, está a levar a cabo, em Portugal, um projeto inovador que visa potenciar as capacidades olfativas do cão, enquanto animal de estimação, na deteção e sinalização das baixas de glicemica no doente diabético.

 

Inspirado no nome da Associação, o projeto “Pata d’ Açúcar” abre novos horizontes ao doente diabético no que diz respeito ao autocontrolo dos seus níveis de glicemica, destacando para o efeito a importância do cão, quando devidamente treinado ao nível do seu olfato apurado, como um animal de companhia importante na deteção antecipada de eventuais episódios de hipoglicemia. O cão tem 30 vezes mais sensores de olfato que o Homem, realidade que leva a considerar este animal de estimação uma ajuda muito poderosa e de elevada utilidade para o doente diabético.

 

Este projeto arrancou em dezembro de 2016 e procura ajudar o doente diabético no controlo diário da autogestão da glicemia, tendo por base três características que o cão tem e que são determinantes na concretização do seu objetivo prático: animal de companhia, capacidades olfativas inatas e a capacidade, após treino especializado, em detetar e sinalizar as baixas de glicemia através da saliva do doente diabético.

 

O projeto “Pata d’Açúcar” envolve três momentos distintos. Neste momento encontra-se na segunda fase de implementação, a qual terá a duração aproximada de um ano. No primeiro momento, foi feita a seleção de instituições beneficiárias onde foram resgatados dois animais após uma seleção exaustiva das suas capacidades e feita, também, a seleção das empresas que estão a apadrinhar estes dois animais, das quais o Abbott faz parte. No segundo momento, está a ser feito o treino e certificação dos dois cães pela Associação. Por último, no terceiro momento, será feita a entrega dos animais treinados a dois doentes diabéticos, sem qualquer custo para os mesmos.

 

Para mais informaçõs consulte o Facebook da Associação.

 

PUBLICIDADE

© 2018 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview