FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Imagem Desdobramento
Saúde
Ordem dos Nutricionistas quer programas a promover hábitos alimentares mais saudáveis
Um relatório do Instituto Nacional Ricardo Jorge (INSA) apresentado ontem, dia 8 de fevereiro, revela que quase um terço dos portugueses com mais de 15 anos ingere refrigerantes. Na mesma altura, a Ordem dos Nutricionistas vem reforçar a urgência da criação de programas de literacia alimentar, considerando que ainda há muito a fazer.

 

Já não é a primeira vez que a Ordem se mostra insatisfeita com o cenário alimentar em Portugal. Em 2017, Alexandra Bento, bastonária da Ordem dos Nutricionistas alertou, em declarações à agência Lusa, para "um cenário alimentar que é catastrófico e que está a pôr em perigo a sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde”. Agora, depois de um estudo revelar que 31% dos portugueses consome bebidas refrigerantes, volta a reforçar a urgência da criação de programas de literacia alimentar. Apesar de se congratular com o imposto já aplicado sobre as bebidas açucaradas, a Ordem dos Nutricionistas considera que ainda há muito a fazer, nomeadamente ao que diz respeito a programas que promovam hábitos alimentares mais saudáveis.

 

Em comunicado, Alexandra Bento, bastonária da Ordem dos Nutricionistas felicita a medida do governo, mas considera que não é suficiente. “A taxa sobre as bebidas açucaradas revelou-se uma excelente medida, com o consumo de refrigerantes a apresentar uma quebra muito expressiva, passando de uma média mensal superior a 29 milhões de litros, em fevereiro, para pouco mais de oito milhões em abril de 2017. Mas não basta, é preciso agora utilizar a verba arrecadada com este imposto em programas de literacia alimentar”, explica.

 

Para Alexandra Bento, que afirma que a percentagem de excesso de peso ou obesidade dos adolescentes em Portugal é de 32.3%, prende-se também com o excesso de consumo de açúcar. A bastonária relembra que “este estudo do INSA veio reforçar a urgência da implementação das medidas previstas na recém-publicada Estratégia Integrada para a Promoção da Alimentação Saudável.”

 

Esta terça feira, 6 de fevereiro, a Ordem dos Nutricionistas reuniu com a secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, com o objetivo de apresentar novos caminhos para a melhoria da alimentação nas escolas, nomeadamente através da implementação de programas de literacia alimentar.

 

PUBLICIDADE

© 2018 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview