FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Imagem Desdobramento
Saúde
APDP estabelece acordo de cooperação com o ministério da Saúde para melhorar o controlo da diabetes em Portugal

Hoje, dia 14 de maio, assinala-se o compromisso de cooperação entre a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP) e as Administrações Regionais de Saúde (ARS) – Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve –, que prevê o reforço da prevenção e do controlo da diabetes em Portugal durante os próximos cinco anos.

 

Por dia, são diagnosticados cerca de 200 novos casos e 500 são internados nos hospitais. A prevalência estimada da doença na população portuguesa, com idades compreendidas entre os 20 e os 79 anos, é de 13,3%, equivalendo a mais de um milhão de pessoas. A este número juntam-se mais de dois milhões de doentes com pré-diabetes. Apesar dos múltiplos investimentos ao nível do diagnóstico precoce e dos avanços terapêuticos, a doença crónica, que apresenta uma elevada incidência nos subtipos 1 e 2, continua a envolver elevados custos económicos, sociais e humanos.

Mediante esta realidade, o Governo demonstra a intenção de reforçar a implementação de medidas de prevenção, controlo e tratamento da diabetes, uma vez que o diagnóstico precoce e uma intervenção atempada diminuem o risco de complicações, permitindo melhores índices de saúde e melhor qualidade de vida.

Assim, a APDP estabelece um acordo de cooperação de âmbito nacional com a Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), e também com a ARS, que terá início em janeiro de 2019, estendendo-se a 31 de dezembro de 2023. A iniciativa vai, então, permitir aos utentes com patologia de diabetes, identificados em cada ARS, usufruir da oferta atual de prestação de cuidados de saúde disponibilizada pela APDP, nomeadamente consultas, tratamentos e exames.

“O combate à diabetes, nas suas vertentes de prevenção, tratamento e acompanhamento, é, provavelmente, o principal desafio a vencer na próxima década em Portugal. Com os números qua a diabetes atinge em Portugal e no mundo, só uma abordagem integrada poderá ser capaz de lhe responder. Este acordo de cooperação com a ACSS e as ARS será um importante passo na luta contra a diabetes, quer na sua prevenção, quer no seu controlo. É esse o desafio a que queremos responder”, explica o presidente da APDP, José Manuel Boavida.

 

PUBLICIDADE

© 2018 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview