FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Bem-Estar
Obesidade nos animais de companhia está a aumentar
quarta-feira, 03 fevereiro 2016 14:47

"Existe uma tendência para aumento da obesidade tanto em cães como em gatos. O sedentarismo dos animais, muitas vezes devido à falta de tempo dos donos, pode ser uma das causas, mas a alimentação desadequada assume uma grande importância". O alerta é da especialista em nutrição da Royal Canin, Rita Silva.

A Royal Canin marcou presença no Pet Festival, um evento dedicado aos animais de companhia que decorreu na FIL, em Lisboa. Rita Silva, que se dedica à nutrição animal na Royal Canin, explicou que “ao longo dos três dias da feira houve uma grande adesão ao espaço Royal Canin dedicado à alimentação dos animais, com aconselhamento nutricional e pesagem do animal".

A especialista alerta: "Verificamos que ainda existem muitos mitos e desconhecimento por parte dos donos relativamente à importância de adequar a alimentação ao animal. A raça, a idade, o peso ou a castração são factores que devem ser tidos em conta na escolha do alimento”.

Considera-se que um animal tem excesso de peso se o seu peso corporal estiver menos de 20% do seu peso ideal. Nestes casos, “a implementação de um programa de perda de peso, que inclui a administração de uma dieta adaptada, é a única forma de ajudar o animal a voltar a ter o peso ideal”, explica Rita Silva.

A par das competitividades de agility que ao longo do fim-de-semana galardoaram os cães mais hábeis, obedientes e velozes, decorreu a Exposição Internacional de Felinos de Lisboa, desenvolvida pelo Clube Português de Felinicultura com o apoio da Royal Canin, momento que permitiu dar a conhecer várias raças de gatos ao público em geral.

PUBLICIDADE

"Fumar é uma droga"

"Fumar é uma droga"

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview