FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Bem-Estar
Proteína do sangue do cordão umbilical melhora a memória e a capacidade de aprendizagem
sexta-feira, 09 junho 2017 11:27
Um estudo da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos da América, revelou que uma proteína presente no plasma do sangue do cordão umbilical, tem efeitos positivos na memória e na capacidade de aprendizagem. Os resultados foram publicados na revista Nature.

 

A partir da comparação de três tipos de plasma distintos - indivíduos em idade avançada (61-82 anos), jovens adultos (19-24 anos) e cordão umbilical de recém-nascidos - os investigadores identificaram uma proteína que é capaz de alterar a atividade do hipocampo, a região cerebral envolvida na memória e aprendizagem.

 

O estudo foi desenvolvido em ratinhos de idade avançada e os resultados demonstraram que os animais que receberam a tal proteína tiveram uma performance superior nos testes de memória e aprendizagem comparativamente aos restantes.

 

“Os animais em idade avançada que receberam plasma do sangue do cordão umbilical registaram melhorias na capacidade de aprendizagem e memória. O plasma de indivíduos idosos não teve impacto nos testes de memória, enquanto o plasma de jovens adultos produziu resultados intermédios”, explicou Bruna Moreira, Investigadora no Departamento de Investigação e Desenvolvimento da Crioestaminal.

 

As alterações neuronais causadas pelo envelhecimento levam a uma diminuição das capacidades cognitivas. Quando o envelhecimento afeta o hipocampo conduz a uma diminuição progressiva da memória com a idade.

 

PUBLICIDADE

"Fumar é uma droga"

"Fumar é uma droga"

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview