FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Bem-Estar
Sete mitos e verdades sobre o excesso de peso nas festividades
quinta-feira, 27 dezembro 2018 16:15

Os especialistas da PronoKal Group®, empresa líder em tratamentos médicos para emagrecimento para pessoas com sobrepeso ou obesidade, compilaram sete mitos e verdades sobre a relação entre o Natal e o aumento de peso. O objetivo é ajudar a consciencializar a população sobre a importância de não exagerar nas refeições de Natal e não deixar de lado uma dieta saudável.

 

1. O Natal pode fazer ganhar peso até 4 kg.
Verdadeiro: Precisamente, a Sociedade Espanhola de Endocrinologia e Nutrição tem alertado há anos que especificamente causa um aumento médio de 2 a 4 kg de peso. Para uma pessoa que perdeu peso recentemente, estas datas são algumas das mais stressantes, porque é preciso encarar os compromissos sociais que giram à volta do consumo de doces e comida.

 

2. Não fazer atividade física no Natal tem as mesmas repercussões que não fazer em qualquer outra época do ano.
Falso: Tendo em conta que no Natal as refeições são mais abundantes e é comum comer muitos doces, é ainda mais importante fazer atividade física. Está cientificamente provado que 30 minutos de exercício por dia, cinco dias por semana, e seguir uma dieta variada e completa, favorece o controlo do peso, pressão arterial e glicemia.

 

3. No Natal, apesar de comer compulsivamente, sente-se rapidamente fome.
Verdadeiro: Devido ao alto consumo de açúcar que ocorre na altura do Natal é fácil para o corpo sentir fome mais rapidamente e é uma das formas que o organismo tem para detetar se precisa comer por causa da quantidade de glicose no sangue. Portanto, o corpo irá consumi-los muito rapidamente no formato de glicose, e isso fará com que, após o consumo, os níveis sejam muito altos por algum tempo, mas depois desça rapidamente, o que gere uma sensação de fome mais rapidamente do que com outro alimento.

 

4. Uma única refeição de Natal pode exceder a ingestão diária recomendada de calorias para um adulto homem ou mulher.
Verdadeiro: Durante os feriados somos dominados pela fome do prazer, um fator que pode ser estabelecido como uma das causas fisiológicas do ganho de peso no Natal. Isso pode causar, a ingestão de entre 2.500 e 3.000 calorias em cada uma das refeições ou jantares de Natal, excedendo a ingestão de calorias recomendadas para um homem ou uma mulher num dia todo.

 

5. No Natal aumentam os enfartes.
Verdadeiro: A taxa de pessoas que sofrem ataques cardíacos nesta época do ano é tão significativa, que existe o chamado "enfarte de Natal". Isso pode ocorrer devido a vários fatores, como aumento do consumo de gorduras, álcool, stress emocional ou frio. Esses fatores podem ser decisivos no momento de sofrer um ataque cardíaco, por isso os especialistas recomendam manter uma dieta saudável também nestas datas e realizar atividades físicas.

 

6. No Natal, o melhor treino para queimar gordura e compensar os excessos de comida é fazer exercícios físicos cardiovasculares.
Falso: O músculo é o órgão principal para favorecer um ambiente hormonal adequado para queimar gordura, sendo o alvo terapêutico com o qual devemos trabalhar para evitar um aumento no peso após a ingestão acima da nossa Kcal diária recomendada. Tendo em conta que um treino cardiovascular queima uma grande quantidade de calorias, mas também reduz o músculo, se quisermos fazer atividade física, o ideal é realizar um treino de musculação / tonificação, pois além de melhorar a regulação da glicemia no sangue e controlar o colesterol, reduz os triglicerídeos, melhora a sensibilidade à insulina e aumenta o metabolismo basal até 48 horas após o treino.

 

7. Contar as calorias do que comemos faz perder peso.
Falso: Nem todas as calorias são as mesmas. As contribuições calóricas são diferentes dependendo de que comemos, por exemplo, 1 copo único de vinho fornece 120 kcal "vazio". Ou seja, o álcool, além de não fornecer nenhum nutriente, aumenta a ingestão calórica na nossa digestão. Mas por outro lado o salmão ou o abacate, também são ricos em calorias, mas fornecem um tipo de gordura cardio-saudável, que é muito necessário para o nosso corpo. A melhor recomendação é manter o hábito de fazer 5 refeições por dia, distribuindo a ingestão calórica total ao longo do dia, em vez de concentrar toda a ingestão calórica de um dia apenas numa refeição.

 

PUBLICIDADE

"Fumar é uma droga"

"Fumar é uma droga"

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview