FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Bem-Estar
Associação Portuguesa de Fertilidade: 13 anos a ajudar quem mais precisa
terça-feira, 21 maio 2019 11:23

A Associação Portuguesa de Fertilidade (APFertilidade) celebrou ontem, dia 20 de maio, o seu 13.º aniversário. Fundada em 2006, afirma continuar a reforçar o seu papel no apoio, na informação e na defesa daqueles que precisam da ajuda da Medicina e da Ciência para conseguir ter filhos.

 

No último ano, foi grande a procura de respostas urgentes para os milhares de casais e mulheres afetados pelas consequências do acórdão do Tribunal Constitucional, de 24 de abril de 2018. Neste contexto, foi lançada a campanha “Vidas Congeladas” e uma petição pública para ultrapassar o impasse que os impede de prosseguir com os tratamentos com recurso a dadores de gâmetas e de embriões ou de avançar com um processo de gestação de substituição.
Nos últimos 12 meses a APFertilidade solicitou audições junto de quem tem um papel decisório para sensibilizar para a necessidade urgente de criação de medidas legislativas que desbloqueiem este impasse.
Depois de conhecido o acórdão, já foram dados passos na Assembleia da República para que os impedimentos associados à confidencialidade dos dadores cheguem ao fim, mas ainda estão por publicar as alterações obrigatórias à Lei da Procriação Medicamente Assistida (PMA). Por outro lado, na gestação de substituição, à exceção de um projeto de lei, que não chegou a ser votado em plenário, só agora são registados sinais de que será a próxima missão do grupo de trabalho da PMA.
Ainda no âmbito das celebrações do 13.º aniversário, a APFertilidade renovou a sua imagem e vai disponibilizar ainda outras iniciativas, a serem anunciadas brevemente. Acompanhe todas as novidades no site oficial.

 

PUBLICIDADE

"Fumar é uma droga"

"Fumar é uma droga"

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview