FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Bem-Estar
Saiba os cuidados a ter para uma boa saúde oral
quarta-feira, 22 janeiro 2020 11:45
De acordo com os últimos dados do Barómetro de Saúde Oral de 2019, cerca de um em cada três portugueses não vai ao dentista, principalmente por questões económicas. No entanto, com o avanço da tecnologia já é possível fazer tratamentos de forma menos dispendiosa e dolorosa. Nesse sentido, o desconhecimento da Medicina dentária é também outro obstáculo, podendo levar a problemas de saúde e de autoestima. César Kelly Pimentel, médico dentista e fundador da clínica Twist, deixa-lhe alguns conselhos para uma melhor saúde oral.
 
Os alimentos com altos níveis de acidez, nos quais estão incluídos os citrinos, abacaxi, vinagre e bebidas alcoólicas, são os que mais potenciam o enfraquecimento do esmalte dentário. A desmineralização dos dentes pode levar ao aumento da sensibilidade dentária, para além de outros problemas de saúde oral. Desta forma, o médico dentista recomenda “que os alimentos mais ácidos sejam consumidos com moderação e, se possível, juntamente com água, para equilibrar o pH da boca mais rapidamente”, aconselhando a escovagem dos dentes 30 minutos após a sua ingestão.
 
Alimentos como fruta, legumes, cereais integrais, leguminosas e frutos secos podem atuar como aliados na proteção da saúde da boca, na medida em que são ricos em fibras e vitaminas que auxiliam na saúde das gengivas e dos dentes. O especialista recomenda que sejam “consumidos várias vezes e, quando possível, funcionem como complemento ao consumo de alimentos mais ácidos, para evitar que esses tenham uma ação tão agressiva na boca”, acrescenta.
 
César Kelly Pimentel explica que os alimentos ricos em fibra, por exigirem mais tempo de mastigação e aumentarem a produção de saliva, “ajudam a remover as impurezas da superfície dentária, evitando a formação de placa bacteriana, que pode levar ao surgimento de cáries dentárias”. Ainda assim, o médico dentista salienta que não substituem a correta higienização da boca, incluindo a escovagem dos dentes e a passagem de fio dentário após as refeições.
 
No caso de não conseguir lavar os dentes após as refeições, uma maçã ou uma pastilha elástica sem açúcar podem atuar como boas opções na eliminação de resíduos dos dentes, evitando a acumulação de placa bacteriana.
 
O médico dentista recomenda a lavagem dos dentes e a passagem de fio dentário duas vezes ao dia, sublinhado que a pasta de dentes “deve ter sempre flúor na sua composição”. A escova, por sua vez, deve ser pequena e macia, de modo a alcançar as partes mais difíceis da boca. Depois de esfregar os dentes, César Kelly Pimentel realça que “não há necessidade de bochechar com água: basta cuspir o excesso de espuma que se cria. Desta forma, a pasta dentífrica continuará a agir nos dentes”. As visitas regulares ao dentista e uma alimentação cuidada são também formas de prevenção de doenças orais, conclui.
 

PUBLICIDADE

"Fumar é uma droga"

"Fumar é uma droga"

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview