FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Bem-Estar
Esqueça os tampões e os pensos higiénicos. Conheça as vantagens do copo menstrual
segunda-feira, 27 janeiro 2020 12:13
Ainda que seja pouco conhecido pelas mulheres em geral, o copo menstrual é uma alternativa mais barata e ecológica aos tradicionais tampões e pensos higiénicos. Conheça as suas vantagens com os conselhos de utilização da ginecologista Daniela Sobral, do Hospital Lusíadas Lisboa.
 
O copo menstrual é uma pequena taça feita de um material antialérgico que acumula e recolhe o fluxo menstrual dentro da vagina. Pode ser reutilizado por dez anos, tendo um impacto ambiental muito menor do que os pensos e tampões, que levam entre 100 e 400 anos a decompor-se. Para além disso, não liberta odores, não contém químicos nem aditivos, presentes nos métodos mais comuns, pelo que não existe risco de infeção ou alergia, e é económico, já que cada copo custa entre 20 e 25 euros.
 
“Ao contrário dos pensos e dos tampões não é absorvente. É uma alternativa prática, higiénica, económica e ecológica”, refere a ginecologista.
 
Deve lavar bem as mãos antes e depois da sua introdução e remoção. Depois, o copo deve ser dobrado da forma mais confortável, antes de afastar os grandes lábios e inseri-lo na vagina. Pode usar um lubrificante à base de água para facilitar a introdução.
 
Para o aplicar, bastar inserir o copo menstrual no canal vaginal, da mesma forma que um tampão. Se estiver bem colocado, não o sente: “uma vez dentro da vagina, o copo menstrual retoma a sua forma original, ajustando-se e formando vácuo, para impedir qualquer vazamento”, explica Daniela Sobral.
 
Para o retirar, basta puxar a pega ou apertar a base para quebrar o vácuo. O sangue acumulado pode depois ser esvaziado na sanita, antes de o copo ser lavado e colocado de novo, acrescenta.
 
“Tem maior capacidade do que outros métodos”, sublinha a especialista, acrescentando que “os tampões, por exemplo, não devem ser utilizados por períodos superiores a quatro horas, por causa do risco de infeção”. O copo menstrual, por sua vez, pode ser usado até 12 horas, seja de noite ou dia.
 
Para proceder à sua limpeza, deve utilizar água fria corrente, de manhã e à noite: “se estiver quente, pode tornar o material demasiado maleável, dificultando a sua abertura dentro da vagina”, sublinha Daniela Sobral, acrescentando que a limpeza do copo menstrual deve ser feita de 12 em 12 horas.
 
No fim de cada menstruação, recomenda-se a sua imersão total em água a ferver, de três a cinco minutos, para ficar bem esterilizado. Depois de bem seco, deve ser guardado dentro da respetiva caixa até ao mês seguinte, para evitar fungos.
 
A escolha do copo menstrual mais apropriado cabe a cada pessoa. Existem várias opções em termos de tamanho, para quem teve ou não filhos, de maleabilidade e tipos de pega para remoção. Há também copos apropriados para meninas mais novas, conclui Daniela Sobral.
 

PUBLICIDADE

"Fumar é uma droga"

"Fumar é uma droga"

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview