FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

O Programa Nacional de Vacinação prevê a vacinação antipneumoncócica dos grupos de risco, como os portadores de doenças respiratórias, para além dos recém-nascidos. A Associação Portuguesa de Pessoas com DPOC e outras Doenças Respiratórias Crónicas (Respira) defende que “por falta de informação, ou de prescrição, ainda são poucos os que estão vacinados” e adverte que “há que reverter esta situação”.

 

Publicado em Saúde

Em Portugal, a pneumonia faz, em média, 161 vítimas mortais por semana. Além disso, a patologia representa gastos de 1,5 milhões de euros só em tratamentos e internamentos. Segundo um estudo recente, o ato de vacinar pode reduzir o risco de hospitalização em 73%. Como tal, a vacinação é fundamental, especialmente em pessoas com mais de 65 anos e em todos os adultos que apresentem co-morbilidades crónicas, como diabetes, asma, doença respiratória crónica, doença cardíaca, portadores de VIH e doentes renais.

 

Publicado em Saúde
A Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo (SPEDM) recomenda que os adultos com diabetes façam a vacinação antipneumocócica. Em concordância com a Direção-Geral da Saúde (DGS), a SPEDM considera que este grupo corre risco acrescido de contrair infeções graves e potencialmente fatais, como a sépsis, a meningite ou a pneumonia, e que por isso deve ser vacinado.
 
Publicado em Saúde

PUBLICIDADE

"Fumar é uma droga"

"Fumar é uma droga"

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview