FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Dicas
Calor intenso: saiba como prevenir os efeitos negativos do aumento da temperatura
segunda-feira, 18 junho 2018 11:26

Com uma massa de ar quente a passar por Portugal, os termómetros vão marcar temperaturas elevadas durante os próximos dias, que variam entre os 30 e os 35 graus. Desta forma, é importante ter em consideração as principais recomendações de prevenção dos efeitos negativos do calor intenso da direção-geral da Saúde, em especial para os grupos mais vulneráveis – crianças, idosos e doentes crónicos. Fique a conhecer as 11 dicas.

 

• Procurar ambientes frescos e arejados ou climatizados;

• Aumentar a ingestão de água ou de sumos de fruta natural sem açúcar e evitar o consumo de bebidas alcoólicas;

• Evitar a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11 e as 17 horas. Utilizar protetor solar com fator igual ou superior a 30 e renovar a sua aplicação de duas em duas horas e após os banhos na praia ou piscina;

• Utilizar roupa solta, opaca e que cubra a maior parte do corpo, chapéu de abas largas e óculos de sol com proteção ultravioleta;

• Evitar atividades que exijam grandes esforços físicos, nomeadamente, desportivas e de lazer no exterior;

• Escolher as horas de menor calor para viajar de carro. Não permanecer dentro de viaturas estacionadas e expostas ao sol;

• Dar atenção especial a grupos mais vulneráveis ao calor, tais como, crianças, idosos, doentes crónicos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida, trabalhadores com atividade no exterior, praticantes de atividade física e pessoas isoladas;

• Seguir as recomendações do médico assistente ou do Centro de Atendimento do SNS: 808 24 24 24, no caso de doentes crónicos ou sujeitos a terapêuticas e/ou dietas especificas;

• Assegurar que as crianças ingerem frequentemente água ou sumos de fruta natural e que permanecem em ambiente fresco e arejado. As crianças com menos de seis meses não devem estar sujeitas a exposição solar, direta ou indireta;

• Contactar e acompanhar os idosos e outras pessoas que vivam isoladas. Assegurar a sua correta hidratação e permanência em ambiente fresco e arejado;

• Ter cuidados especiais, no caso das grávidas: moderar a atividade física, evitar a exposição direta ou indireta ao sol e garantir ingestão frequente de líquidos.

Fonte: SNS

 

PUBLICIDADE

"Fumar é uma droga"

"Fumar é uma droga"

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview