FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Dicas
Covid-19: as respostas da Organização Mundial de Saúde às suas dúvidas
terça-feira, 10 março 2020 17:56
Num momento em que Portugal atingiu as quatro dezenas de infetados pelo novo coronavírus, o covid-19, conheça as principais perguntas e respostas lançadas pela Organização Mundial de Saúde, para esclarecimento da população.
 
Quais são os sintomas do covid-19?
Os principais sintomas são febre, cansaço e tosse seca. Certos pacientes podem apresentar dores, congestão e corrimento nasal, dor de garganta ou diarreia. Pelo contrário, podem existir pessoas infetadas que não apresentam sintomas.
 
As pessoas que apresentem febre, tosse e dificuldades respiratórias devem procurar contactar o SNS 24.
 
 
Quais são os grupos de risco que tendem a desenvolver doença grave?
Ainda em fase de investigação, as evidências têm mostrado que os grupos mais vulneráveis, nomeadamente as pessoas mais idosas e os indivíduos com problemas de saúde pré-existentes, entre eles problemas cardíacos, diabetes ou pressão alta desenvolvem mais facilmente doenças graves.
 
Apenas uma em cada seis pessoas fica gravemente doente e desenvolve dificuldades respiratórias. Cerca de 80% dos doentes recuperam da infeção sem recurso a tratamentos especiais.
 
 
Devo usar máscara para me proteger?
Recorra apenas à máscara se estiver doente com sintomas de covid-19, especialmente tosse, ou se estiver em contacto com alguém que tenha covid-19. Se não se encontrar nestas condições, estará a desperdiçar máscaras, que são escassas e necessárias noutros lugares. Lembre-se que as máscaras descartáveis apenas podem ser usadas uma vez.
 
 
Quais são as medidas preventivas mais adequadas?
Lavar frequentemente as mãos com água e sabão ou toalhitas à base de álcool;
 
Manter pelo menos um metro de distância das pessoas que estiverem a tossir ou espirrar;
 
Evitar tocar nos olhos, nariz e boca;
 
Ter uma boa higiene respiratória, cobrindo a boca e o nariz com o cotovelo ou um lenço quando tossir ou espirrar. Descartar imediatamente o lenço;
 
Manter-se em casa se não se sentir bem e contactar a linha SNS24;
 
Evitar viajar para locais infetados com covid-19, especialmente se for idoso, tiver diabetes, doença cardíaca ou pulmonar.
 
 
Qual é o período de incubação do covid-19?
O período de incubação define-se pelo espaço de tempo entre a transmissão do vírus e o início dos sintomas. As estimativas do período de incubação apontam para uma variação de um a 14 dias, sendo mais comum cinco dias.
 
 
Posso ficar infetado com covid-19 através do meu animal de estimação?
Não. Não há evidência que os animais domésticos tenham sido infetados ou possam espalhar o vírus que causa covid-19.
 
 
Quanto tempo resiste o vírus nas superfícies?
Os estudos sugerem que o covid-19 possa persistir nas superfícies desde poucas horas a alguns dias, variando consoante condições como o tipo de superfície, a temperatura ou a humidade do ambiente. Limpe as superfícies com desinfetante para matar os vírus.
 
 
É seguro receber encomendas de locais infetados com covid-19?
Sim. A probabilidade de uma pessoa infetada contaminar produtos comerciais é remota e o risco de uma pessoa receber o vírus através de uma caixa que esteve em movimento, viagem e exposta a diferentes condições e temperaturas é igualmente baixa.
 
 
O que não devo fazer?
Existem procedimentos que não são efetivos contra o covid-19 e podem inclusivamente ser prejudiciais:
 
• Fumar
• Tomar remédios tradicionais à base de plantas
• Utilizar múltiplas máscaras
• Fazer automedicação
• Tomar antibióticos, uma vez que não são efetivos contra viroses (covid-19), mas apenas bactérias.
 
 
Para mais informações, visite o site da Organização Mundial de Saúde, ou da Direção-Geral da Saúde.
 

PUBLICIDADE

"Fumar é uma droga"

"Fumar é uma droga"

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview