FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Dicas
Cinco jogos para fazer na praia em tempos de pandemia
terça-feira, 14 julho 2020 09:56
A pandemia trouxe novos desafios à vida quotidiana e aos dias de férias das famílias. Este será um verão atípico, caracterizado pela limitação do número de pessoas nas praias, distanciamento social e sem os jogos de futebol ou raquetes à beira-mar. De forma a atenuar estas limitações para as crianças, o #MovimentoViverIntensamente criou cinco sugestões de jogos para fazer na praia em segurança.
 
As crianças serão o grupo etário que mais poderá sofrer com os efeitos das limitações da pandemia. Melanie Tavares, psicóloga do Instituto de Apoio à Criança, recorda que “para as crianças, brincar é algo espontâneo e natural e contribui para o crescimento em todas as áreas do seu desenvolvimento: psicológico, cognitivo, motor e social”.
 
A pandemia limitou a liberdade de brincar, o que levou o #MovimentoViverIntensamente a criar o #JogarIntensamente, com cinco jogos:
 
Construções na areia
Esta é uma atividade típica dos dias de praia e que não fica comprometida com a atual situação. Castelos, cidades completas, carros, bonecos... a imaginação comanda a construção, numa atividade que pode, e deve, ser feita em família.
 
Jogo da cadeira ... neste caso, da toalha
Todos nós conhecemos este jogo. Para um determinado número de jogadores, por exemplo cinco, apenas existem quatro cadeiras. O objetivo? Dançar em torno das cadeiras ao som de uma música. Quando esta para, os jogadores devem ocupar um lugar, sendo que aquele que não conseguir sentar-se perde. O processo repete-se até encontrar-se o vencedor. Na praia, basta substituir as cadeiras pelas toalhas e a diversão em família está garantida.
 
Jogos de cartas
As cartas já são um clássico da praia e permitem jogar vários jogos em família. O Jogo do Peixinho ou Copas são dos mais conhecidos, mas há outros, como o jogo do Polícia e Ladrão. Por exemplo, o rei de copas representa o polícia e o às de espadas o ladrão. Para os restantes jogadores escolhem-se cartas aleatórias que todos devem conhecer como representando as vítimas. Depois de baralhadas, estas cartas devem ser distribuídas pelos jogadores, sendo que o objetivo é que o jogador com a carta do ladrão pisque discretamente o olho aos jogadores que julgue serem as vítimas, que, por sua vez, ao receberem este sinal, devem dizer “morri”. O Polícia deve tentar identificar o ladrão e tentar a sua sorte dizendo “estás preso em nome da lei”. Os desfechos podem ser vários: se o polícia disser isto a uma vítima, o ladrão ganha dizendo “fugi para Roma!”, por exemplo. O outro cenário é, efetivamente, o jogador que representa o polícia acertar no jogador com a carta do ladrão, saindo assim a ganhar do jogo. Também pode acontecer o ladrão piscar o olho ao polícia, julgando tratar-se de uma vítima. Aqui o polícia deve fazer justiça, dizendo a sua frase e ganhando o jogo. O último desfecho possível é o ladrão conseguir piscar o olho a todas as vítimas e dizer rapidamente a frase “Fugi para Roma!” antes de ser identificado pelo jogador com a carta que representa o polícia. Prontos para jogar?
 
Uno
Este jogo é também um clássico que dispensa apresentações e que pode ser jogado em família e à sombra do chapéu. Nunca é demais andar com ele atrás, para uma bela partida a qualquer altura do dia, entre banhos.
 
Jogos de tabuleiro em versão portátil
Se a sua família é fã de jogos de tabuleiro, então não pode deixar de adquirir pelo menos um em versão portátil. Existem várias opções e para todos os gostos, entre Quem é quem, 4 em Linha, Cluedo ou Monopólio.
 
Ao praticar estas atividades, poderá registar o momento e partilhar nas redes sociais com os hashtags #JogarIntensamente e #MovimentoViverIntensamente, tornando-se parte desta iniciativa social, promovida pelo Instituto de Apoio à Criança (IAC), a AstraZeneca, a Metacriações e a Guess What, com o objetivo de devolver às crianças e famílias o recreio e a ludicidade nestes tempos que limitam as atividades.
 
Semanalmente são lançados novos desafios no site do movimento, onde as famílias podem registar-se e receber estas atividades diretamente no seu email.

PUBLICIDADE

"Fumar é uma droga"

"Fumar é uma droga"

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview