FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Entrevista
Gripe favorece aparecimento da pneumonia
quarta-feira, 16 outubro 2013 09:48
Por: Carlos Robalo Cordeiro, presidente da Sociedade Portuguesa de Pneumologia
Gripe favorece aparecimento da pneumonia

artigo carlos robalo 57387A época da gripe pode provocar múltiplas complicações, especialmente nos grupos mais vulneráveis. A pneumonia é uma dessas complicações com a agravante de que pode ser fatal. Em entrevista ao Vital Health, Carlos Robalo Cordeiro, presidente da Sociedade Portuguesa de Pneumologia, indica que as medidas preventivas incluem a vacinação, mas também o abandono de hábitos nocivos como o tabagismo e a inclusão de outros como a adoção de uma alimentação equilibrada ou o controlo de doenças crónicas.

 

 

 

 

 

Vital Health | Qual a relação da gripe com a pneumonia?
Carlos Robalo Cordeiro | A gripe favorece a instalação da pneumonia, criando condições locais, no aparelho respiratório, para que isso aconteça. Na verdade, a maior prevalência da pneumonia coincide com os picos sazonais da infeção pelo vírus Influenza.

 

Vital Health | Quais as situações em que uma gripe pode dar lugar à pneumonia?
CRC | Existe maior risco para o desenvolvimento de pneumonia após uma gripe em doentes de maior risco, com outras doenças associadas, em fumadores com maior tendência para produção e acumulação de muco nos brônquios e em doentes com diminuição das defesas do organismo.

 

Vital Health | Existem grupos mais favoráveis à pneumonia?
CRC | Crianças pequenas e adultos a partir dos 50 anos são os mais afetados pela pneumonia, a par dos grupos de risco, que incluem pessoas com doenças crónicas associadas como a diabetes, doenças respiratórias ou cardíacas, e que tenham hábitos como o alcoolismo e/ou o tabagismo.

 

Vital Health | De que forma é possível prevenir?
CRC | Para além das vacinações para a gripe sazonal e para a pneumonia pneumocócica, a cessação tabágica e o consumo moderado de bebidas alcoólicas, uma boa hidratação e alimentação equilibrada e o controlo de doenças crónicas constituem as principais medidas preventivas.

 

Vital Health | A vacinação pneumocócica é uma forma de prevenir. Existem particularidades desta vacina? Quem deve tomar esta vacina?
CRC | Existem dois tipos de vacina pneumocócica, polissacarídica e conjugada, ambas de administração intramuscular. Na União Europeia, a vacinação está indicada para todas as pessoas a partir das seis semanas de vida. No caso dos recém-nascidos, a vacinação deve ser feita a partir das 6 semanas e, para que a proteção seja eficaz, é fundamental cumprir o esquema de vacinação de quatro doses. Nas restantes situações com indicação para vacinação, como pessoas incluídas em grupos de risco (com doenças crónicas associadas como diabetes, doenças cardíacas e respiratórias, ou excesso de consumo alcoólico e/ou tabágico), pode apenas ser administrada uma dose única da vacina conjugada.

 

 

PUBLICIDADE

Por vezes mais é menos

Por vezes mais é menos

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview