FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Entrevista
Cancro do intestino, a causa de morte de 11 portugueses por dia
terça-feira, 05 novembro 2019 15:04
Por: Vítor Neves, presidente da Europacolon Portugal
Cancro do intestino, a causa de morte de 11 portugueses por dia

O cancro do intestino (cancro do colón e o do reto) é a causa de morte de 11 portugueses por dia. No âmbito do Dia Europeu de Luta contra o Cancro do Intestino, comemorado no passado dia 3 de novembro, o portal Vital Health falou com o presidente da Europacolon Portugal - Associação de Apoio ao Doente com Cancro Digestivo, Vítor Neves, que explicou a importância da realização da colonoscopia no rastreio e, consequentemente, no prognóstico desta doença. Leia a entrevista e fique a par dos principais sintomas e fatores de risco. 

 

Vital Health (VH) | No dia 3 de novembro assinalou-se o Dia Europeu de Luta Contra o Cancro do Intestino. Qual a importância de alertar e sensibilizar as populações para esta doença?
Vítor Neves (VN) | É um dia que nos dá condições, quer através de ações de sensibilização quer por utilização dos meios de comunicação social, de alertarmos as pessoas para a gravidade de uma doença muito grave mas que se pode curar se detetada a tempo.
 
VH | Estima-se que esta doença seja diariamente a causa de morte de 11 portugueses e, ainda, que todos os anos surjam cerca de 7.500 novos casos. Como descreve esta realidade?
VN | É um caso grave de saúde pública no nosso pais cujas atitudes preventivas adequadas – a implementação do rastreio de base populacional têm vindo a ser adiadas na ultima década, contrariamente a países como a Holanda, Eslovénia e Espanha (País Basco) que já demostraram por números a diminuição da mortalidade deste doença desde a implementação do rastreio.
 
VH | Qual é o papel e a importância da realização de colonoscopias na prevenção e deteção desta doença?
VN | O cancro do Intestino demora cerca de seis a 10 anos a evoluir. Há tempo para nos apercebermos de alguns dos seus sintomas, ou se tivermos condições sintomáticas ou hereditárias fazer o rastreio antes dos 50 anos. A partir desta idade é obrigatória que todas as pessoas o concretizem.
 
VH | Para além da colonoscopia, o que pode ser feito na prevenção da doença?
VN | A colonoscopia é um dos métodos de rastreio. Há outro que é a pesquisa de sangue oculta nas fezes que poderá também ser feito, não tão eficaz e que, por isso, terá de ser repetido de dois em dois anos, caso o primeiro seja negativo.
Ter hábitos de alimentação saudável e exercício físico constante são fatores que poderão diminuir o risco de cancro do intestino.
 
VH | Quais os sintomas mais comuns desta doença?
VN | Perda de sangue nas fezes, dores abdominais constantes, perda de peso e cansaço sem razões próximas, sensação de que o intestino não esvazia completamente, diarreia ou obstipações constantes. Caso estes sintomas persistam deve contactar o médico assistente para despistar a sua causa.
 
VH | Quais os fatores de risco associados a este cancro?
VN | A probabilidade de ter cancro colo-rectal aumenta com a idade, sendo que 90% dos diagnósticos é acima dos 50 anos.
Os pólipos são saliências que surgem no tecido da parede do cólon ou do recto. São mais frequentes em pessoas com mais de 50 anos. Detetar e remover os pólipos, reduz o risco de cancro colorretal.
5% dos casos de diagnóstico de Cancro colo-rectal derivam de mutações genéticas. Se tem ascendentes do 1.º grau que tenham tido a doença deve fazer o rastreio antes em idade adulta.
Pessoas com historial de doenças inflamatórias no intestino (colite ulcerosa e doença de Crohn) possuem um risco acrescido de contrair cancro colorretal.
 
OBESIDADE
Estudos clínicos provaram que a obesidade está diretamente relacionada com o cancro colorretal.
ESTILO DE VIDA:
Dieta rica em gorduras, fritos, açúcar, carnes vermelhas, carnes processadas e pobre em fruta, legumes e hortaliças;
Bebidas alcoólicas em excesso;
Tabagismo.

PUBLICIDADE

Por vezes mais é menos

Por vezes mais é menos

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview