FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Entrevista
Aplicações móveis desenvolvidas a pensar no envelhecimento
terça-feira, 02 julho 2013 11:28
Por: Liliana Ferreira, coordenadora cientifica da Fraunhofer Portugal AICOS
Aplicações móveis desenvolvidas a pensar no envelhecimento

artigo Liliana Ferreira 4adeaAlzNav é uma aplicação móvel de monitorização da localização e navegação, desenhada para seniores numa fase inicial de demência. Os testes realizados originaram um feedback muito positivo por parte dos utilizadores mais seniores. Os cuidadores, por outro lado, realçaram a importância do sistema automático de alerta.

 

 


Para além desta aplicação, a Fraunhofer Portugal AICOS outras duas: Melanoma Detection e Heart Failure Clinic. Liliana Ferreira, coordenadora cientifica desta empresa, concedeu uma entrevista ao Vital Health onde aborda vários aspetos relacionados com as estas três aplicações móveis.

 

Vital Health | Poderia dar uma breve descrição de cada uma das aplicações?
Liliana Ferreira | O projeto Melanoma Detection tem como principal objetivo monitorizar lesões cutâneas. Permite ao utilizador, através da utilização da camara do smartphone e com recurso a técnicas de processamento digital de imagem, analisar sinais de pele a partir da extração de 4 características visuais altamente relevantes para a deteção precoce de melanoma maligno: assimetria, cor, estruturas diferenciais e bordos irregulares. A aplicação dá ao utilizador, em tempo real, um feedback visual da análise de cada uma destas características, permitindo gravar o relatório de cada análise. Desta forma, o utilizador pode fazer várias análises ao mesmo sinal ao longo do tempo e verificar se existem evoluções significativas em cada uma das características, o que poderá constituir um sinal de alerta e consequentemente uma situação que deve ser verificada por um médico especialista.
AlzNav é uma aplicação de monitorização da localização e navegação, desenhada para cidadãos sénior e pessoas na fase inicial de demência. A aplicação monitoriza a localização do utilizador em segundo plano e caso o utilizador saia de uma área de segurança previamente definida, o seu cuidador é alertado por SMS - que inclui a localização. Ao utilizador em si, é dada a possibilidade de ser navegado de volta a casa, chamar um táxi para a sua localização ou ligar a familiares/amigos a pedir ajuda. Tudo isto a partir de uma interface simplificada e desenhada para este público-alvo. Caso o utilizador se sinta capaz de navegar de volta a casa, será guiado por uma interface de navegação que substitui a complexidade de mapas e vistas em perspetiva por simples instruções textuais e auditivas, às quais associa uma seta que aponta permanentemente para a direção na qual este se deve encaminhar de modo a permanecer na sua rota, tirando partido dos sensores existentes no smartphone.
A HeartFailureClinic é um sistema de monitorização remota direcionado a doentes com insuficiência cardíaca, cujo objetivo é a deteção antecipada de sintomas de descompensação da doença. Os pacientes poderão efetuar a medição de vários sintomas como a frequência cardíaca, a pressão arterial, entre outros, que serão então analisados e devidamente classificados, por forma a reagir atempadamente à evolução da doença.

 

Vital Health | De que forma estas três aplicações podem funcionar como medida preventiva nas respetivas áreas a que dizem respeito?
LF | Cada uma das três aplicações apresentadas contribui para a prevenção, para o controlo e para a monitorização da evolução das doenças a que dizem respeito ao permitir que o utilizador acompanhe e obtenha feedback regular do seu estado de saúde. As aplicações permitem que o utilizador seja alertado e possa alertar os seus cuidadores – médicos, enfermeiros, familiares, vizinhos, etc. – relativamente a situações de agravamento de doenças já identificadas ou de manifestação de sintomas relacionados.


Vital Health | Neste sentido, qual a mais-valia ao nível económico? Evita, por exemplo, maiores gastos com tratamentos?
LF | Precisamente. Tomando como exemplo a aplicação AlzNav, vemos que a sua utilização permite aos utilizadores mais seniores ou que se encontrem num estado inicial de demência a manutenção da sua independência e autonomia durante mais tempo. Neste sentido, a aplicação permite que utilizador permaneça num ambiente familiar durante mais tempo evitando, ou retardando, a necessidade de admissão da pessoa numa instituição de saúde.
Comparando as soluções apresentadas com outras soluções existentes no mercado, as aplicações móveis têm também a vantagem de apenas necessitarem de um smartphone - que o utilizador pode inclusive já ter - não sendo necessária a compra de outros dispositivos específicos.


Vital Health | Qual a fiabilidade destas aplicações?
LF | O objetivo das três aplicações não é o diagnóstico da doença ou condição de saúde associada, mas sim pelo acompanhamento e monitorização do estado de saúde e evolução do utilizador. A informação recolhida por cada uma das aplicações é utilizada para alertar os cuidadores – cuidadores informais, como familiares e vizinhos, no caso da aplicação AlzNav e cuidadores formais, como médicos e enfermeiros, no caso das aplicações HeartFailureClinic e Melanoma Detection.


Vital Health | Qual o feedback dos testes antes de serem introduzidas no mercado?
LF | Vários testes estão a ser efetuados às aplicações em causa, desde testes de usabilidade até testes de performance e precisão. No caso da aplicação Melanoma Detection foi finalizado recentemente o desenvolvimento de uma versão que permite aos dermatologistas testar a aplicação em doentes reais e indicar a precisão da ferramenta. Estes testes, em particular, estão a decorrer no Departamento de Dermatologia do IPO do Porto. No caso da aplicação AlzNav, os testes realizados originaram um feedback muito positivo por parte dos utilizadores mais seniores. Os cuidadores, por outro lado, realçaram a importância do sistema automático de alerta.


Vital Health | Qual a razão da escolha das áreas do melanoma, demência e insuficiência cardíaca? Está relacionada com evidências? Se sim, quais?
LF | Sim, a escolha de estas áreas está relacionada com várias evidências relacionadas com a atual sociedade envelhecida e com a situação económica e financeira atual dos países desenvolvidos. O constante aumento da esperança média de vida nos países desenvolvidos contribui para o envelhecimento da sociedade que fica, por isso, mais suscetível a doenças relacionadas com a idade, como a demência ou doenças cardiovasculares. É imperiosodesenvolver soluções orientadas especificamente a este público-alvo. Esta transformação da sociedade produz também um aumento dos encargos relacionados com os serviços sociais e de saúde, existindo atualmente um foco por parte de várias nações na aposta em soluções de cariz tecnológico para permitir a esta população sénior manter-se ativa e autónoma por tanto tempo quanto possível.
A área do melanoma, em particular, foi escolhida tendo em consideração as proporções epidémicas do cancro cutâneo na população caucasiana e a importância vital do diagnóstico precoce. Autoexames regulares à pele são aconselhados pelos dermatologistas e podem fazer a diferença, no entanto uma pessoa comum não tem, normalmente, conhecimento dermatológico suficiente para fazer este tipo de análise de risco. Por outro lado, a distribuição desigual de dermatologistas no nosso país, com especialistas concentrados nos grandes centros urbanos e escassez de recursos nas áreas rurais, é também uma motivação para o desenvolvimento do Melanoma Detection.


Vital Health | Está em vista o desenvolvimentos de outras aplicações para a área da saúde? Se sim quais?
LF | Sim, estamos a trabalhar em diversas soluções para a área da saúde. Iniciámos recentemente um projeto que estuda a adoção de novas tecnologias de informação para a saúde na construção e operacionalização de sistemas integrados na área da segurança transfusional e hemovigilância, bem como na criação de soluções direcionadas aos cuidados de doentes hemofílicos e hipocoagulados. Temos também um conjunto de soluções já desenvolvidas para doentes com Parkinson, bem como nas áreas de prevenção e deteção de quedas.


Vital Health | Quanto tempo foi dedicado ao desenvolvimento das aplicações e o que é que envolveu?
LF | Todas as aplicações surgem de trabalhos pensados e desenvolvidos ao longo de vários meses e que incluem, para além do trabalho inicial de investigação e desenvolvimento, um período intensivo de teste com os utilizadores em ambientes reais ou próximo dos ambientes finais de utilização das aplicações. As três aplicações encontram-se, atualmente, em fases distintas de maturidade e em fase de desenvolvimento de novas versões.

PUBLICIDADE

Por vezes mais é menos

Por vezes mais é menos

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview