FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Entrevista
Cancro do Pulmão: a prevenção implica não fumar
quinta-feira, 19 novembro 2020 09:55
Por: Paulo Calvinho, coordenador da Unidade de Cirurgia Torácica do Hospital de Santa Marta
Cancro do Pulmão: a prevenção implica não fumar
A propósito do Mês de Sensibilização para o Cancro do Pulmão, que se assinala em novembro, Paulo Calvinho, coordenador da Unidade de Cirurgia Torácica do Hospital de Santa Marta, em Lisboa, aborda, em entrevista à Vital Health, a importância de não fumar e de ter uma vida saudável como prevenção da doença.
 

Vital Health (VH) | De que forma é que se pode prevenir o cancro do pulmão?

Dr. Paulo Calvinho (PC) | A prevenção do cancro do pulmão é deixar de fumar. Não fumem! Não estejam em ambientes com tabaco! Não permitam que fumem ao vosso lado! Essa é a mensagem crucial, a mais importante. A prevenção do cancro do pulmão é pela abstinência tabágica e pela ausência de fumador passivo, não podemos permitir que fumem nas nossas casas, ao nosso lado. Devemos ser absolutamente rigorosos nisso. O cancro do pulmão tem como fator etiológico predominantemente o tabaco. Obviamente que temos áreas muito poluídas nos nossos centros urbanos, mas não com um impacto tão grande como se vivêssemos em Xangai ou em Pequim. Portanto, não temos esse fator de risco acrescido. Deve haver uma campanha muito grande para que as pessoas deixem de fumar e para que não permitam que fumem ao pé de si. Sabemos que há muitas pessoas não fumadoras e que têm familiares diretos que fumam em qualquer situação. Não é raro vermos pais a fumarem perto dos seus filhos menores. A prevenção do cancro do pulmão é pela abstinência tabágica.

VH | Quais são os hábitos de saúde que uma pessoa deve ter após recuperar do cancro do pulmão?

PC | Devem ter os mesmos hábitos de saúde que tinham para evitar o cancro do pulmão. Uma alimentação saudável, claro, é extremamente importante, ter um controlo do peso, mas voltamos à mesma premissa da prevenção do cancro do pulmão – não fumar, evitar ambientes de fumo e muito poluídos; fazer exercício físico regularmente. Um doente que recupera do cancro do pulmão faz uma vida absolutamente normal, não tem qualquer tipo de alterações nos seus hábitos. Os hábitos que tem de alterar são os hábitos para uma boa higiene alimentar e da cessação tabágica. Isso é absolutamente essencial, inclusive os relatos científicos mostram que um doente que tenha cancro do pulmão e que se mantém a fumar a probabilidade de voltar a recidivar a doença ou outro cancro do pulmão é muito mais alta do que quando fumava e não tinha cancro do pulmão; portanto, muito provavelmente este doente vai ter outro cancro do pulmão. É essencial que deixem de fumar. O exercício físico, uma alimentação saudável e evitar o excesso de peso, porque se porventura, tiramos um bocadinho do pulmão é preciso que o organismo não seja sobrecarregado. A mensagem essencial é que tenham uma vida saudável, uma alimentação equilibrada, exercício físico regular e, obviamente, que não fumem.

PUBLICIDADE

Por vezes mais é menos

Por vezes mais é menos

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview