FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Iniciativas
APFertilidade apela: “Sim à Gestação de Substituição”
segunda-feira, 09 maio 2016 12:57

No próximo dia 13 de maio, será votado um projeto-lei que prevê a legalização da Gestação de Substituição.

 

Neste sentido, a Associação Portuguesa de Fertilidade (APF) lançou um vídeo que conta com o testemunho de várias mulheres que não têm útero e que precisam desta lei para concretizarem o sonho de serem mães.

Mulheres que nasceram sem útero, ou que o perderam na sequência de uma doença oncológica ou de um acidente, são as destinatárias deste projeto-lei que prevê a legalização da Gestação de Substituição apenas nos casos em que a mulher não pode, por motivos clínicos, carregar um bebé no seu útero. O vídeo, que agora foi lançado, será enviado a todos os deputados e pretende-se que estes se coloquem no lugar destas mulheres e percebam que a legalização desta prática é a única forma de lhes dar voz e rosto.

"A nossa primeira ideia foi criar um vídeo com testemunhos reais destas mulheres. Contudo, deparámo-nos com um problema: elas sentem-se tão marginalizadas e excluídas que não conseguem dar a cara. Foi este o mote para o vídeo em questão, que conta com testemunhos reais mas que não tem vozes nem rostos precisamente porque estas mulheres sentem que não têm voz, sentem que todos os direitos lhes estão a ser negados e que o país as está a empurrar para uma situação de ilegalidade e clandestinidade”, refere Cláudia Vieira, presidente da APF.

O vídeo pode ser visualizado em www.facebook.com/apfertilidade

PUBLICIDADE

Por vezes mais é menos

Por vezes mais é menos

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview