FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Iniciativas
Semana Europeia do Teste da Primavera VIH-Hepatites arranca amanhã com rastreios gratuitos de norte a sul do país
quinta-feira, 16 maio 2019 12:51

A Semana Europeia do Teste da Primavera VIH-Hepatites tem início já amanhã, dia 17 de maio, e prolonga-se até ao dia 24 de maio. Ao longo desta semana, será possível fazer o teste de VIH e hepatites virais em mais de 38 locais, geridos pelas 18 organizações da sociedade civil em todo o país. Os testes são gratuitos, rápidos e anónimos.

 

Em Portugal, esta iniciativa é coordenada pela associação Grupo de Ativistas em Tratamentos (GAT) que se junta a outras organizações, instituições, líderes de opinião e líderes governamentais de toda a Europa para promover esforços que aumentem o acesso aos testes e consciencializem para os benefícios dos testes de VIH e hepatites para encorajar pessoas que possam estar em risco a tomar conhecimento de seu estatuto serológico. 

 

O mote da Semana Europeia do Teste continua a ser "Testar. Tratar. Prevenir." com o objetivo de aumentar o diálogo positivo entre aqueles que devem ser testados para o VIH e hepatites e aqueles que oferecem testes. Consulte pdfaqui as cidades que vão acolher a iniciativa. 

 

"É importante que as pessoas em risco de contrair VIH e/ou hepatites conheçam seu estatuto serológico o mais rápido possível e isso só é possível fazendo o teste. Atualmente, com um tratamento adequado é possível curar a infeção pela hepatite C. De igual modo, através de um tratamento precoce e eficaz para a infeção pelo VIH, é possível atingir carga viral indetetável, tornando assim o vírus intransmissível", avisa o GAT.

 

Esta semana permanece uma iniciativa única de trabalho conjunto e uma oportunidade quer de aumentar o número de testes rápidos realizados em contexto comunitário, quer de locais onde decorre o rastreio e a distribuição de preservativos e gel lubrificante.

 

A Semana Europeia do Teste está agora no seu sétimo ano e, em 2015, foi alargada para incluir a hepatite como foco principal. Um evento que tinha lugar apenas uma vez por ano, passou a uma campanha bianual com a Semana Europeia do Teste VIH-Hepatites a decorrer durante a Primavera (maio) e no outono (novembro).

 

As hepatites B e C são comuns nas pessoas em situações risco de entre as pessoas que vivem com o VIH, porque esses vírus são transmitidos das mesmas maneiras que o VIH é transmitido - através do uso de drogas injetáveis e do sexo sem preservativo.

Quem deve fazer o teste
A semana do teste é direcionada a comunidades em maior vulnerabilidade para o VIH e hepatites virais B e C. Estas populações incluem, mas não estão limitados a: homens que fazem sexo com homens (HSH), migrantes (incluindo pessoas originárias de países com maior prevalência), trabalhadores do sexo, reclusos e utilizadores de drogas injetáveis.
 
 
Quantas pessoas vivem com VIH em toda a Europa?

Em 2017, estima-se que 1.7 milhões viviam com VIH na Região Europeia da OMS, 654,425 encontram-se na UE e no Espaço Económico Europeu (UE/EEE) e 519,955 na região que não pertence à UE/EEE.

Pelo menos uma em cada cinco pessoas que vive com VIH desconhece o seu estatuto serológico.

Quantas pessoas vivem com hepatite em toda a Europa?

Em 2017, estima-se que 15 milhões de pessoas viviam com hepatite B e 14 milhões com hepatite na Região Europeia da OMS. Juntas, as hepatites B e C causam mais de 160,000 mortes por ano na Região Europeia da OMS e são a causa mais comum de cirrose e cancro do fígado.

 

 

PUBLICIDADE

Por vezes mais é menos

Por vezes mais é menos

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview