FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Iniciativas
Projeto SenseBreath desenvolve máscara que monitoriza ritmo respiratório
segunda-feira, 13 julho 2020 11:54
O CeNTI, um dos maiores centros portugueses de Nanotecnologia e Materiais Inteligentes, está a desenvolver um sensor que, incorporado na máscara de proteção, vai monitorizar o ritmo respiratório do seu utilizador e identificar possíveis desvios aos padrões normais, contribuindo para o combate à propagação do novo coronavírus.
 
A inovação deste sistema baseia-se no desenvolvimento e integração, na máscara, de um sensor descartável, através do qual se fará a monitorização do ritmo respiratório do seu utilizador. Os dados recolhidos por este sensor serão enviados para a aplicação móvel de cada utilizador, que os poderá partilhar com o médico em caso de alteração do ritmo respiratório, e acelerar o processo em caso de contaminação.
 
O sensor, que está a ser desenvolvido pelo CeNTI, será incorporado, nesta primeira fase, em máscaras que estão a ser produzidas pela OldTrading, entidade colaboradora do projeto e especialista no setor têxtil. Mas, segundo os responsáveis, o sistema poderá também ser acoplado a outros tipos de máscaras. Associado ao projeto está também o Centro Clínico Académico - 2CA-Braga, responsável pela realização de testes para avaliação do desempenho e de usabilidade da solução tecnológica.
 
Este equipamento, que deverá estar no mercado no final do ano, é mais uma das iniciativas do CeNTI para ajudar a sociedade no combate à propagação da doença. “As máscaras são agora acessórios indispensáveis no nosso dia-a-dia, sobretudo, nos locais de trabalho. Por isso, com esta máscara, quisemos ir um pouco mais além, garantindo não só a proteção dos seus utilizadores, como a recolha de dados que poderão ser essenciais na prevenção e atuação face a uma possível contaminação”, sublinham os responsáveis.
 
Recorde-se que, além deste projeto, o CeNTI tem vindo a desenvolver outras iniciativas focadas no combate à propagação do novo coronavírus, como a oferta de viseiras de proteção individual a várias instituições sociais da região de Braga, e a criação de uma viseira com propriedades antivíricas e anti-embaciamento.
 
Este projeto conta com o apoio da Fundação para a Ciência e Tecnologia, sob o programa “RESEARCH4COVID-19”, uma linha de financiamento excecional para resposta à pandemia de COVID-19.

PUBLICIDADE

Por vezes mais é menos

Por vezes mais é menos

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview