FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Opinião
DPOC: uma doença que afeta 800 mil portugueses
sexta-feira, 21 outubro 2016 15:52
Por: Manuel Branco, farmacêutico, Farmácias Holon
DPOC: uma doença que afeta 800 mil portugueses

A doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) é uma doença respiratória crónica e progressiva que, gradualmente, vai retirando a capacidade de respirar. A partir dos 40 anos, fumadores e ex-fumadores entram no grupo de risco desta doença, mas grande parte ignora os sintomas e permanece sem diagnóstico.

 

Caracterizada por falta de ar (dispneia), tosse e aumento da produção de expetoração, esta condição dificulta a realização de tarefas diárias como a higiene, subir escadas ou conduzir. Com a progressão da doença os sintomas manifestam-se mesmo durante os períodos de repouso.

A principal causa da DPOC é o consumo do tabaco, incluindo a exposição passiva. Sabe-se que 10 a 15% dos fumadores vêm a sofrer de DPOC.

No entanto, algumas profissões que obrigam à exposição a fumos químicos, poeiras orgânicas e inorgânicas, também representam um fator de risco. A poluição atmosférica é, por si, um agente de agravamento para quem é fumador.

A hereditariedade e a deficiência genética em alfa1-antitripsina (enzima que impede a perda das fibras elásticas dos pulmões) podem também ser causadores desta doença.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) projeta o aumento para 8,3 milhões no número de mortes relacionadas com o tabagismo até 2030.

É uma das principais causas de morbilidade e mortalidade em todo o globo e atualmente considerada a 4ª causa de morte a nível mundial, sendo expectável um aumento da sua prevalência e mortalidade nas próximas décadas.

Em Portugal esta doença afeta 800 mil pessoas, segundo dados da Sociedade Portuguesa de Pneumologia. Esta Sociedade Científica calcula que sofram de DPOC entre os 35 e os 69 anos 5,42% da população. Anualmente morrem cerca de 8,7 por 100.000 habitantes.

Principais sintomas:
• Tosse acompanhada de expetoração, principalmente durante a manhã;
• Falta de ar;
• Dificuldade em realizar atividades que não exigem nenhum esforço físico, como tomar banho ou vestir-se;
• Aparecimento de "pieira" durante a respiração, especialmente quando a pessoa está com gripe ou uma infeção respiratória.

A Farmácia Holon A. Guerra Pedrosa, em parceria com a Junta de Freguesia de Vieira de Leiria, organiza uma Feira da Saúde e promove a realização de rastreios, avaliações e consultas gratuitas.

A iniciativa tem como objetivo desafiar a população local a avaliar o seu estado de saúde, a conhecer a mais valia dos Serviços Holon e a esclarecer dúvidas sobre a área respiratória.

Procuramos identificar, de forma precoce, indivíduos em risco e promover o acompanhamento da pessoa com doença respiratória crónica, na utilização dos dispositivos inalatórios.

O rastreio e o diagnóstico precoce ajudam a garantir que este tipo de patologias são detetadas de forma atempada!

Manuel Branco
Farmacêutico Holon, Farmácia A. Guerra Pedrosa

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview