FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Opinião
Conselhos de nutricionista para uma época festiva mais saudável
terça-feira, 27 dezembro 2016 15:58
Por: Jenifer Duarte, nutricionista e voluntária na Associação de Jovens Diabéticos de Portugal
Conselhos de nutricionista para uma época festiva mais saudável
A época festiva é de felicidade e alegria, mas igualmente de tentação ao nível da alimentação. Saímos da rotina e temos na nossa mesa natalícia os petiscos mais variados e, habitualmente, com uma elevada quantidade de hidratos de carbono e lípidos. Consequentemente, o aumento da pressão arterial, de peso corporal e de glicemia podem ser uma realidade pelos erros cometidos por estes dias.

 

Segundo os resultados do Inquérito Nacional de Saúde do Instituto Nacional de Estatística (INE), 52,8% da população portuguesa com idade superior a 18 anos têm excesso de peso e nas crianças com idade entre os dois e os 12 anos, 33,3% também, das quais 16,8% são obesas. O excesso de peso, tal como a hipertensão e o aumento de glicemia, representam fatores de risco para diversas patologias, como é o caso da diabetes tipo 2.

 

É então imprescindível reduzir a quantidade de macronutrientes ingeridos, essencialmente a quantidade de hidratos de carbono e de lípidos, diminuindo o valor calórico da refeição. Deverá ainda aumentar o valor nutricional das refeições, procurando assegurar o consumo de vegetais, hortícolas e fruta, não esquecendo o papel que os frutos secos podem ter no intervalo das refeições, nunca ultrapassando em quantidade o tamanho da nossa palma da mão.

 

Na verdade, as principais refeições natalícias, isto é, o jantar da véspera de Natal e o almoço do próprio dia de Natal, podem não constituir uma ameaça para a Saúde das pessoas. Reduzindo a quantidade de gordura e açúcar adicionados e substituindo o sal por ervas aromáticas, teremos apenas pequenas alterações às receitas originais. O consumo de verduras no prato principal irá aumentar a composição em fibra, prolongando a saciedade e ajudando no processo digestivo.

 

Será também necessário falarmos das bebidas escolhidas para acompanhar a refeição. O consumo moderado de bebidas alcoólicas e o consumo de água durante o dia serão elementos essenciais nesta época, podendo ser consumidos chás e infusões quentes para fazer face ao frio.

 

O ponto com maior probabilidade de erros alimentares é a sobremesa. Sabemos que a mesa do Natal tem, durante todo o dia, várias ofertas com excesso de açúcar e de gordura, contudo a alteração destas receitas é igualmente uma possibilidade. Devemos diminuir a quantidade de açúcar refinado e gordura saturada utilizados, substituir os laticínios gordos por magros ou equivalentes, evitar as frutas cristalizadas e dar primazia à fruta no final da refeição.

 

Estes são alguns dos conselhos alimentares que podem fazer toda a diferença nesta época tão especial.

PUBLICIDADE

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview