FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Opinião
Uma vida ativa com DPOC
quarta-feira, 15 novembro 2017 09:35
Por: Mariana Rosa, coordenadora de Projetos e Serviços das Farmácias Holon
Uma vida ativa com DPOC
A doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) é uma doença incapacitante, localizada nos pulmões. Resulta da obstrução das vias aéreas, pois há uma destruição progressiva do tecido pulmonar (alvéolos).

 

Doença > problema de saúde
Pulmonar > afeta os pulmões
Obstrutiva > provoca limitação da passagem do ar
Crónica > não tem cura, é para toda a vida

 

A pessoa com DPOC vai perdendo a capacidade respiratória e, consequentemente, a capacidade de desempenhar as tarefas mais simples do dia-a-dia, como tomar banho, vestir-se, subir escadas, carregar os sacos das compras.

 

Os principais sintomas são a falta de ar durante o exercício físico e ao fazer pequenos esforços; tosse e expetoração; infeções respiratórias frequentes e sonolência.

 

O tabaco é o fator responsável pelo maior número de casos da doença (90% dos casos). Em Portugal existem cerca de 1,5 milhões de pessoas com doenças respiratórias, das quais 800 mil com doença pulmonar obstrutiva crónica.

 

O que fazer para manter uma vida ativa?

 

Manter uma vida ativa quando se tem esta doença pode ser desafiante. Mas, em primeiro lugar, se tem alguns destes sintomas não os ignore e consulte o seu médico de família! Quanto mais cedo fizer o diagnóstico, maior a probabilidade de controlar a doença e manter por mais tempo a sua qualidade de vida. Se já lhe foi diagnosticada esta doença então deve, acima de tudo, manter um estilo de vida saudável:

 

• Deixe de fumar e evite ambientes poluídos;
• Pratique técnicas respiratórias;
• Mantenha-se tão ativo quanto possível;
• Mantenha um peso adequado para si;
• Cumpra o tratamento prescrito pelo médico.

 

A European Lung Foundation (ELF) explica porque é que a atividade física é tão importante. O exercício físico ajuda o corpo a manter-se em forma; uma pessoa com melhor condição física respira e recupera com mais facilidade; quanto melhor a forma física, fica mais fácil desempenhar as tarefas diárias; ser ativo ajuda também a mente!

 

Uma vez que esta doença pode afetar drasticamente o estilo de vida, é também normal que cause sofrimento emocional. A depressão e a tristeza são consequências normais, mas que a pessoa com DPOC deve tentar combater com a ajuda do seu médico, família e amigos. Para tal, a ELF faz algumas recomendações importantes:

 

- Mantenha um plano de atividade física regular, que inclua 30 minutos de exercício moderado, 5 dias da semana
- Planeie as suas atividades com antecedência, para que não tenha que fazer nada à pressa
- Inclua muito descanso no seu dia a dia
- Atinja os seus objetivos no seu próprio tempo. Faça uma coisa de cada vez
- Continue as tarefas diárias tanto quanto possível
- Consulte um médico especialista em DPOC

 

Neste Dia Mundial da DPOC vamos consciencializar a população para a importância da realização da espirometria. É um teste simples, indolor e que mede a obstrução das vias aéreas e a capacidade respiratória.

 

A espirometria é o primeiro meio de diagnóstico desta doença. Este teste pode prevenir estadios mais avançados e garantir uma melhor qualidade de vida da pessoa com DPOC.

 

Muito importante: conte sempre com o apoio do seu farmacêutico!

PUBLICIDADE

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview