FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Opinião
Dia Mundial do Não Fumador: o risco de desenvolver cancro de cabeça e pescoço
segunda, 19 novembro 2018 10:02
Por: Ana Joaquim, médica assistente hospitalar de Oncologia - Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho
Dia Mundial do Não Fumador: o risco de desenvolver cancro de cabeça e pescoço

O tabaco é uma droga semissintética lícita nociva estimulante. Por outras palavras, causa dependência, é facilmente adquirida e consumida, pode causar dano na saúde do consumidor e o seu efeito, contrariamente ao que é senso comum, não diminui a ansiedade, estimulando-a até. O único fator de stress que é acalmado pelo consumo do tabaco é a ansiedade causada pelo não consumo. São os seus componentes que justificam estas características. A nicotina atua a nível central, provocando uma sensação temporária de bem-estar. 

 

São vários os agentes irritantes e cancerígenos, que causam alteração dos mecanismos de defesa das vias respiratórias, contribuindo assim para a tosse do fumador e bronquite crónica, bem como neoplasias das vias aerodigestivas superiores (cabeça e pescoço, esófago e pulmão) e da bexiga, entre outros.

O tabagismo é a principal causa de morte evitável do mundo. Na Europa, por ano, é responsável por 1.200.000 mortes.

 

Cancro de cabeça e pescoço e tabaco

90% dos doentes com cancro de cabeça e pescoço têm histórico de tabagismo. Por sua vez, um fumador tem um risco cinco vezes superior de desenvolver cancro na cavidade oral, orofaringe e hipofaringe e, no caso da laringe, este risco sobre para dez. O cancro de cabeça e pescoço é o sétimo tipo de cancro mais comum na Europa. Em Portugal, diagnosticam-se, por ano, cerca de três mil novos casos.

A sua epidemiologia varia regionalmente. Por exemplo, nos EUA, a incidência dos cancros da orofaringe associados à infeção por HPV tem vindo a aumentar enquanto que, em Portugal, a epidemiologia deste tipo de cancro continua a ser muito condicionada pela elevada incidência dos hábitos tabágicos e alcoólicos. O cancro da orofaringe HPV positivo tem melhor prognóstico que os cancros de cabeça e pescoço associados aos hábitos referidos, o que explica, em parte, que, em Portugal, esta doença continue a matar três portugueses por dia enquanto que a mortalidade nos EUA tem vindo a diminuir.

A identificação precoce de sinais e sintomas é crucial para a sobrevivência, uma vez que 80-90% dos doentes com cancro de cabeça e pescoço diagnosticado em estadios iniciais sobrevivem. Por outro lado, mais de 50% dos doentes com cancro diagnosticado em fase avançada recaem. Infelizmente, cerca de 60% dos casos são diagnosticados em fase avançada.

Os principais sintomas são facilmente confundidos com sintomas de outras doenças e são muito variáveis, desde lesões que não curam na cavidade oral, dor e dificuldade na deglutinação, rouquidão, dor de garganta e/ou ouvido persistente, tosse, dispneia e uma tumefação cervical.

Estimativas para 2020 indicam que a sua incidência aumentará 30%, devido ao crescimento e envelhecimento da população mundial. Na última década, a sobrevivência global aos cinco anos aumentou de 40 para 56% quando analisados todas as localizações e estadios da doença.

Entre os tratamentos possíveis, destaca-se a imunoterapia, que tem obtido resultados positivos em termos de eficácia e tolerância, já fazendo parte, hoje em dia, dos algoritmos terapêuticos da doença avançada.

 

Quando deixar de fumar?

Uma questão levantada frequentemente diz respeito aos benefícios da evicção tabágica após o diagnóstico de cancro de cabeça e pescoço. A evicção tabágica é sempre benéfica. Por um lado, tem benefícios desde o minuto 1, quando diminui o aporte de contaminantes, com efeitos cardiovasculares imediatos, a nível do gosto, olfato e capacidade respiratória a curto prazo e do risco de enfarte agudo do miocárdio a médio prazo. Por outro lado, a evicção tabágica contribui para maior eficácia dos tratamentos dirigidos à doença, nomeadamente a radio e a quimioterapia.

Assim sendo, nunca é tarde para deixar de fumar.

 

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview