FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Opinião
Judo: o desporto do corpo e da mente
segunda-feira, 17 junho 2019 11:56
Por: João Neves, professor no Ginásio Clube Português
Judo: o desporto do corpo e da mente

É do conhecimento geral os benefícios de uma vida regrada e ativa para o bem-estar, tanto físico como emocional. O judo, particularmente, será dos desportos mais completos para se alcançar este equilíbrio. Nesta modalidade encontra-se presente o fator físico e o mental, aspetos fundamentais para o bem-estar individual, mas também para uma vida em sociedade.

 

A palavra judo significa "caminho da suavidade" e tem como principais princípios o menor esforço, a máxima eficiência e o uso da força e das reações do adversário.

Oriunda do Japão, esta modalidade secular preserva toda a essência e tradição dos seus fundadores. Os seus ensinamentos regem-se por um código moral, que sendo a base de todo o desenvolvimento dos seus praticantes, transmite valores como o respeito, amizade, lealdade, coragem e perseverança. Mesmo os temas mais atuais, como as questões ecológicas e ambientais, estão presentes nesta passagem de conhecimento dos mestres para os alunos, desde a sua tenra idade. A transmissão destes valores contribui para a formação cívica dos seus praticantes, que é tão importante como a preparação física e técnica, pois só com a interiorização dos mesmos, os desportistas poderão ser bons cidadãos e, consequentemente, bons atletas de competição.

O corpo humano tem como objetivos primordiais ser funcional em todos os planos de movimento, estar preparado para responder às ativações musculares e reagir a forças externas. É neste sentido que o treino de judo contempla todas estas solicitações motoras, sendo caracterizado por aspetos que potenciam a mobilidade e a estrutura muscular. Assim, uma das características desta arte marcial é a lateralidade, sendo os movimentos para a esquerda e para a direita. Também o equilíbrio é trabalhado em situações unipedais de treino e combate, como: puxar, empurrar, rodar, levantar e projetar o adversário. Todo este leque de padrões de movimento tem uma oposição contrária do oponente, o que eleva o grau de dificuldade do treino. Também a noção espacial é importante para o judoca. É necessário ter a perceção de todos os segmentos do corpo em relação ao outro atleta, que está em constante movimento. E, apesar desta tão importante questão, o judo é praticado por cegos, inclusivamente a nível de competição.

Embora a duração do combate seja de 5/6 minutos, os treinos são longos, sendo necessária uma boa capacidade aeróbica e anaeróbica para suportar as elevadas cargas. Também em situação de competição, esta condição é fundamental face à intensidade de esforço que envolve.

O judo é praticado por homens e mulheres de todos os escalões etários, o que demonstra mais uma vez a universalidade desta modalidade. No entanto, recomenda-se o início da sua prática em idades mais precoces, visto ser um desporto muito técnico e é no escalão 8/14 anos que os jovens se encontram no seu maior desenvolvimento motor. Não é por acaso que o judo é o único desporto recomendado pela UNESCO e pelo Comité Olímpico Internacional como o mais completo para todas as crianças.

Para além da vertente competitiva, esta modalidade olímpica tem também uma dimensão lúdica, vocacionada para a saúde e bem-estar. A componente de defesa pessoal, tão procurada pelo sexo feminino e masculino e por todas as idades, está também presente.

O judo promove assim uma boa aptidão física, que proporciona um sistema metabólico e neuromuscular eficiente e um sistema cardiorrespiratório de boa capacidade aeróbica e anaeróbica. Também a força, resistência, agilidade, coordenação, velocidade, flexibilidade e equilíbrio são características e aptidões que estão presentes e são desenvolvidas na prática desta modalidade desportiva, o que leva a uma composição corporal e a uma postura ideal. Assim, todas as partes e músculos do corpo são trabalhados na prática desta modalidade.

No entanto, mesmo com esta minha resumida explicação, só experimentando vai perceber as sensações e benefícios a todos os níveis que este desporto lhe pode proporcionar.

Bons treinos.

 

Artigo de opinião de João Neves, professor no Ginásio Clube Português 

PUBLICIDADE

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview