Siga as nossas redes sociais

Opinião
A importância de apoiar os profissionais de saúde no uso da ventilação de alto fluxo

A importância de apoiar os profissionais de saúde no uso da ventilação de alto fluxo

Por: Daniel Ramos Silva, enfermeiro e clinical specialist REMEO Home at Linde Saúde

terça-feira, 09 fevereiro 2021 10:43
Conheça a opinião de Daniel Ramos Silva, enfermeiro e clinical specialist REMEO Home at Linde Saúde, sobre a importância do apoio aos profissionais de saúde, relativamente ao uso da ventilação de alto fluxo.
 

Em março de 2020, quando a pandemia rebentou em Portugal, depois de tantas notícias vindas da China, Itália e Espanha, o Sistema Nacional de Saúde teve necessidade de se reestruturar muito rapidamente. A preparação de novos serviços para receber doentes com COVID-19, a reorganização das equipas de profissionais de saúde, a aquisição de equipamentos de ventilação terapia de alto fluxo foram alguns dos desafios vivenciados nesta reorganização.

Esta reorganização das equipas hospitalares fez com que muitos profissionais de saúde entrassem em contacto com terapias que habitualmente não utilizavam; por outro lado, a entrada de uma panóplia de diferentes modelos de ventiladores e equipamentos de alto fluxo nos hospitais, e com uma necessidade de resposta rápida na abordagem às situações crescentes de doentes com COVID-19, fez com que os profissionais de saúde fossem obrigados a preparar-se muito rapidamente para estas mudanças, sem terem o tempo necessário para lerem manuais ou um primeiro contacto com o equipamento antes de o utilizarem.

A Linde Saúde, consciente de que estas mudanças são um fator de stress e ansiedade para os profissionais de saúde, associado a toda a conjuntura que se instalava, fez nascer a Linha de Apoio Ventilação de Alto Fluxo, que funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana e em todo o país, apoiando a utilização destes diferentes equipamentos a quem está na linha da frente, para que consigam trabalhar com segurança, conseguindo a máxima eficácia.

A Linha de Apoio foi pensada no dia 15 de março e em cinco dias estava pronta a funcionar, com uma equipa de 6 elementos, com experiência nestas terapias de ventilação e alto fluxo. Com o grande objetivo de suportar os clínicos na linha da frente nos aspetos práticos, mas também nas dúvidas, incertezas e próprias angústias que estão a viver, para que tenham as respostas de que necessitam rapidamente.

Outro dos pontos fundamentais da Linha, e tendo em conta as ultimas recomendações das principais sociedades científicas, é ajudar e esclarecer os profissionais de saúde acerca do manuseio dos equipamentos, sobre como se parametrizam, os problemas que poderão surgir e a sua resolução aquando da abordagem ao doente. Passando também pelo esclarecimento sobre o funcionamento dos alarmes e dos consumíveis a utilizar para cada terapia, ou seja, filtros, circuitos e máscaras, e muito importante, como minimizar a produção de aerossóis e a dispersão de partículas para diminuir os riscos de contaminação.

A terapia de alto fluxo tem vindo a ser usada, principalmente, nos doentes com insuficiência respiratória hipoxémica, no entanto, desde o início da pandemia que a sua utilização se intensificou, pois, iniciada de forma precoce, pode evitar o escalonar de cuidados dos doentes com COVID-19, indo ao encontro das orientações das diferentes sociedades científicas portuguesas, como a Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia, bem com as internacionais SEPAR, de Espanha, NHS, do Reino Unido, a Surviving Sepsis Campaign, entre outras.

Esta terapia assenta em três grandes pilares:

- Suporte respiratório, que passa pelo “washout” da via aérea, pelo fluxo inspiratório elevado, pela pressão positiva e pelo controlo da fração inspirada;

- Humidificação e temperatura do ar;

- Conforto do doente.

Sendo uma terapia em expansão e ainda um pouco desconhecida de muitos profissionais de saúde, as dúvidas e as questões sobre a sua utilização têm sido um dos principais motivos para o contacto com a Linha de Apoio Ventilação e Alto Fluxo.

Questões relacionadas com os consumíveis para a realização da terapia, como interfaces, circuitos e campânulas, bem como a sua preparação e montagem, que passa também pela limpeza e desinfeção e preparação para novos doentes, são um dos pontos de maior contacto.

Outro dos pontos passa pelo esclarecimento de questões relacionadas com a parametrização do equipamento e também com a identificação e resolução de problemas relacionados com alarmes.

Mais uma vez, de salientar que o grande objetivo deste apoio é suportar quem está na linha da frente, respondendo rapidamente às dúvidas e dificuldades, para poderem ser prestados os melhores cuidados aos doentes.

Os contactos recebidos têm sido realizados por diferentes categorias profissionais, e aquilo que tem sido sentido é que, cada vez mais, os profissionais de saúde estão capacitados para uma melhor resposta ao doente COVID-19 com esta terapia em segurança.

A Linha de Apoio Ventilação e Alto Fluxo Linde Saúde funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana através do número 912004546.

PUBLICIDADE

© 2021 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview