FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde Pública
Dia Mundial de Luta Contra a SIDA assinalado de norte a sul do país
quinta-feira, 30 novembro 2017 11:45
Estima-se que em Portugal perto de 45.500 pessoas vivem com VIH/SIDA, mas apenas cerca de 65% das pessoas diagnosticadas estão em tratamento. Portugal está mesmo entre os países da Área Económica Europeia que apresentam mais casos de diagnósticos tardios para a infeção VIH, segundo os dados recentemente divulgados pelo Centro Europeu para a Prevenção e Controlo da Doença (ECDC) e pelo Gabinete Regional para a Europa da Organização Mundial de Saúde (OMS-Europa).

 

Neste contexto, as duas organizações destacam a importância de um diagnóstico precoce, por um lado, aumentar a probabilidade da pessoa infetada viver mais tempo e com maior qualidade de vida e, por outro lado, começar o tratamento antirretroviral o quanto antes e, consequentemente, reduzir a morbilidade e a probabilidade de infetar outras pessoas. Além disso, uma pessoa que seja tratada atempadamente tem menos risco de desenvolver SIDA, a doença crónica que resulta da destruição do sistema imunitário pelo vírus, e outras doenças associadas.

 

Associações portugueses promovem rastreios e sensibilização a população para a doença
No âmbito do Dia Mundial da Luta Contra a SIDA, que se assinala hoje, 1 de dezembro, estão agendadas várias iniciativas de rastreio e sensibilização que pretendem, de uma forma geral, promover a educação para a Saúde e esclarecer as dúvidas que ainda persistem na comunidade.

 

"Portugal e os novos horizontes na luta contra o VIH/Sida"
Na sexta-feira, 1 de dezembro, o Serviço Nacional de Saúde (SNS) organiza o seu primeiro painel digital: "Portugal e os novos horizontes na luta contra o VIH/Sida". A sessão vai ser transmitida em direto na página do SNS, a partir das 15h30 e contará com a participação de Fernando Araújo, secretário de Estado Adjunto e da Saúde; Isabel Aldir, diretora dos Programas Nacionais para a Infeção VIH/Sida e Tuberculose e para as Hepatites Virais; Kamal Mansinho, coordenador do Grupo de Trabalho para definir uma estratégia integrada para a epidemia do VIH/Sida nas cidades de Cascais, Lisboa e Porto e Luís Mendão, presidente do GAT – Grupo de Ativistas em Tratamentos.

 

Rastreios na Tapada das Mercês
tapada merces 1b143

A Associação de Intervenção Comunitária, Desenvolvimento Social e de Saúde (AJPAS) assinala a efeméride com uma ação de rastreio na Tapada das Mercês, em Sintra. Para o efeito, a Associação vai estacionar uma Unidade Móvel no parque do Centro Comercial Floresta. “Como sempre, teremos uma técnica a realizar os testes rápidos e mediadores comunitários a sensibilizar os transeuntes para a importância e necessidade de conhecer o seu estado serológico”, informa em comunicado de imprensa. A ação decorre entre as 10h00 e as 18h00 do dia 1 de dezembro.

 

A AJPAS iniciou as suas atividades, em 1988, na área da Promoção da Saúde e da Prevenção das doenças sexualmente transmissívies com ênfase no VIH/SIDA. Para responder aos desafios e às necessidades da população-alvo, que foram surgindo ao longo dos anos, alargou a sua intervenção comunitária às áreas da Educação, do Emprego e da Formação Profissional.

 

Ciclo de cinema nas escolas
No contexto da Plataforma Saúde na Escola, decorre entre os dias 27 de novembro e 5 de dezembro a iniciativa Ciclo de Cinema e debate “Ver, Ouvir e Debater VIH/Sida”. A atividade contempla a exibição de filmes, documentários e curtas metragens dirigidos a alunos do 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário abordando questões relacionadas com a infeção pelo VIH/Sida, seguido de um debate com a participação de um painel de especialistas de entidades com intervenção reconhecida na área. Esta iniciativa visa contribuir para o reforço de informação sobre o VIH/Sida, na perspetiva da educação para a saúde, tendo em vista a adoção de comportamentos e atitudes informadas e conscientes. A próxima exibição está agendada para dia 5 de dezembro no Auditório da Escola Salesianos Manique – S. Domingos de Rana das 10h00 às 12h00.

 

Príncipe Real palco de rastreio

A equipa do CheckpointLX vai estar hoje, entre as 10h00 às 15h00, no Jardim do Príncipe Real a realizar o rastreio de VIH. A iniciativa, que conta com o apoio da Junta de Freguesia da Misericórdia, prevê também a distribuição de preservativos e uma carta de amor direcionada à população geral como forma de sensibilização para o rastreio e prevenção da doença. O centro informa que serão distribuídas 6.000 cartas e cerca de 5.000 preservativos.

 

Liga Portuguesa Contra a Sida promove rastreios

No Dia Mundial de Luta Contra a SIDA, a Unidade Móvel de Rastreios “Saúde + Perto” da Liga Portuguesa Contra a Sida (LPCS) vai estar na estação Sul e Sueste, no Terreiro do Paço em Lisboa, uma ação de sensibilização que inclui rastreios ao VIH. Consulte a página de Facebook da Associação e acompanhe as novidades.

 

“Não vires as costas à vida”

Pag. Revista FPCCS 07982

A Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a SIDA” estende a celebração do Dia Mundial da Luta Contra a SIDA a tod

o o mês de dezembro. Para tal estão agendados rastreios nas seis delegações que possuem em todo o país, com o lema “Não vires as costas à vida”. Para mais informações ligue 800 21 31 40.

CheckpointLX é um centro de base comunitária do GAT, dirigido aos homens que têm sexo com homens, para o rastreio rápido, anónimo, confidencial e gratuito do VIH e outras infeções sexualmente transmissíveis, aconselhamento e referenciação aos cuidados de saúde.

 

Gala Abraço volta a animar o Teatro São Luiz
No ano em que assinala o 25.º aniversário, a ABRAÇO volta a organizar a sua gala anual que é já considerada o maior espetáculo de transformismo em Portugal. A Gala ABRAÇO acontece esta noite, às 21h00, assumindo-se como um evento de inclusão e solidariedade que relembra que “é na diferença que está a riqueza, tendo como centro das atenções Travestis, Drag Queens, Trans, artistas LGBTI e simpatizantes”.

 

A iniciativa pretende conciliar a diversão e o lazer à comunicação de alerta para a propagação do VIH/SIDA, bem como para a defesa dos direitos humanos e da igualdade, contando com a presença de Inês Castel-Branco e Diogo Faro (Sensivelmente Idiota) como apresentadores do evento e Maria Botelho Moniz e Mariama Barbosa no júri.

 

A missão da ABRAÇO consiste em facultar apoio a pessoas infetadas e afetadas por infeções sexualmente transmissíveis (IST), incluindo hepatites víricas e com especial incidência na infeção pelo VIH e SIDA. No âmbito da sua missão trabalha no âmbito da prevenção, rastreio, ligação aos cuidados de saúde, tratamento, qualidade de vida, formação, investigação e defesa dos direitos.

 

abraco c77d1

PUBLICIDADE

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview