FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Estudo: excesso de peso e risco de morte
sexta-feira, 04 janeiro 2013 11:23

gordoO Journal of the American Medical Association (JAMA) publicou recentemente um estudo que vem contrariar tudo o que tem sido dito a respeito do excesso de peso, obesidade e respetivas consequências. De acordo com investigadores do Centro Nacional para Estatísticas da Saúde e do Centro para Controlo e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos da América, o risco de morte é inferior para quem tem excesso de peso.


Nesta pesquisa estiveram envolvidas três milhões de pessoas de todo o mundo e analisados 97 relatórios publicados em diversos países, tendo sido cruzadas informações acerca do Índice de Massa Corporal (IMC) com as estatísticas sobre a mortalidade associada às causas da obesidade e excesso de peso.


Assim, segundo o estudo, as pessoas com IMC entre 25 e 30, considerado peso excessivo, o risco de morte é 6 por cento inferior ao dos que têm o IMC entre 18 e 25. Aqueles que têm o IMC entre 30 e 35, considerado obesidade moderada, apresentaram uma redução de 5 por cento no risco de morte. Importa, no entanto, sublinhar que ter um IMC superior a 35 (obesidade grave) conduz a um aumento do risco de morte. Neste estudo há ainda uma ressalva para quem tem excesso de peso e já sofre de patologias associadas, como a diabetes ou a hipertensão.


O JAMA indica também que apesar de o IMC ser recomendado pela Organização Mundial da Saúde, pode ser imperfeito para avaliar o risco de mortalidade. E os investigadores disseram que mesmo que o excesso de peso não aumente o risco de morte, não afasta o perigo do aparecimento de doenças.


Fonte: jornal i
Foto: freedigitalphotos.net

 

PUBLICIDADE

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview