FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Alimentação previne o cancro e melhora o diagnóstico
terça, 15 outubro 2013 11:48

artigo UHDC 73b86A União Humanitária dos Doentes com Cancro (UHDC) aproveita o Dia Mundial da Alimentação (16 de outubro) para reforçar a importância de uma alimentação saudável e equilibrada na prevenção do cancro e na melhoria do diagnóstico do doente oncológico.

 

 

 

 

 

De acordo com o Instituto Nacional do Cancro, EUA, cerca de um terço das mortes por cancro são causadas pelos hábitos alimentares, excesso de peso e inatividade física. Algumas estimativas indicam que certos cancros são especialmente influenciados pelas escolhas alimentares: 70 % dos casos de cancro colo-rectal e da próstata e 50 % dos casos de cancro de mama, endométrio, pâncreas e vesícula biliar.

 

Uma alimentação saudável pode prevenir o desenvolvimento de certos tipos de cancro e, após diagnóstico, pode potenciar a capacidade de resposta do organismo contribuindo para a evolução positiva da doença. Complementar o tratamento oncológico com uma alimentação saudável e equilibrada é fundamental.

 

"O organismo sofre muitas alterações fisiológicas resultantes da doença e dos efeitos secundários do tratamento, como a cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia. É muito importante seguir uma alimentação saudável que ajude a prevenir complicações, infeções e outras doenças, e que ajude a otimizar a qualidade de vida do doente nos vários estádios da doença, bem como a fomentar a resposta e tolerância aos tratamentos e a obter alta hospitalar mais cedo", refere Cláudia Costa da UHDC, citada em comunicado.

 

"Existem alimentos que podem potenciar o desenvolvimento do cancro, como as gorduras, o álcool, a carne vermelha e os pratos salgados e, por isso mesmo, devem ser evitados", indica a especialista, citada pelo mesmo comunicado.

 

 

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview