FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Novas moléculas para detetar o cancro em produção na Universidade de Coimbra
terça-feira, 03 dezembro 2013 12:07

artigo A Abrunhosa e F Alves 32e1bEstão a ser produzidas três novas moléculas para a deteção de diversos tipos de cancro no Instituto de Ciências Nucleares Aplicadas à Saúde (ICNAS) da Universidade de Coimbra (UC).


Já aprovadas pelo Infarmed, a produção decorre no âmbito da estratégia do ICNAS de disponibilizar moléculas até à data de difícil acesso pelos hospitais portugueses. A Fluorocolina [18F] • UC é essencial para a deteção do cancro da próstata e a NaF [18F] • UC é utilizada para a deteção de metástases ósseas provocadas por vários tipos de cancro.


A terceira molécula - DOTA-NOC [68Ga] • UC - é usada no diagnóstico de tumores neuroendócrinos, relacionados com as células do sistema nervoso e que podem surgir em diferentes partes do organismo e cuja deteção é muito difícil com as técnicas convencionais.


Se ao nível clínico estas três novas moléculas são fundamentais para a caracterização do diagnóstico, planeamento dos tratamentos e avaliação pós terapêutica, para o ICNAS "são também ferramentas essenciais para ajudar a esclarecer os mecanismos das diversas patologias oncológicas permitindo, no futuro, desenvolver novas abordagens de tratamento das doenças do foro oncológico", refere Miguel Castelo-Branco, neurocientista e diretor do ICNAS, citado em comunicado.

 

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview