FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Investigador português dá novo passo no tratamento das doenças neurológicas
quinta-feira, 24 janeiro 2013 15:52

RuiCosta artigoA investigação do português Rui Costa e respetiva equipa abriu novas perspetivas na área do tratamento da sintomatologia de doenças neurológicas, entre elas a doença de Parkinson. Isto porque descobriram que o movimento é gerado por dois circuitos neurais diferentes, através da observação da sequência "luzes, neurónios, ação".


Rui Costa é neurocientista e exerce na Fundação Champalimaud, em Lisboa, e em conjunto com os colegas do Instituto Nacional do Abuso de Álcool e do Alcoolismo dos EUA meteu em causa o que se dizia do circuito do movimento, nomeadamente que uma das rotas acionava um movimento e outra inibia esse mesmo movimento.

Os investigadores constataram que afinal o processo é mais complexo e perceberam que os movimentos mais simples são aqueles que são afetados por algumas doenças do sistema nervoso.

Para já, conseguiram medir a atividades dos neurónios envolvidos neste processo e acreditam que possa vir a ter implicações positivas no tratamento da sintomatologia de algumas doenças. Em declarações ao jornal Público o investigador Rui Costa revelou que o próximo passo será tentar manipular a atividade daqueles circuitos, para controlar o movimento.

Fonte: Público

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview