FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde
Ordem quer médicos dentistas nos centros de saúde
terça-feira, 01 março 2016 14:37

A Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) entregou ao Ministério da Saúde uma proposta para a inclusão de médicos dentistas nos centros de saúde.

 

Segundo o bastonário da OMD, Orlando Monteiro da Silva, a proposta irá, numa primeira fase, ser feita através de experiências piloto em vários centros de saúde do país, com médicos dentistas a exercer nas instalações do Serviço Nacional de Saúde (SNS), nos cuidados de saúde primários em regime de contratualização ou avença.

Primeiramente irão ser prestados cuidados básicos de medicina dentária às famílias mais desfavorecidas, assim como a pessoas portadoras de doenças crónicas como o cancro, a diabetes ou doenças cardiovasculares.

De acordo com o bastonário, a proposta da OMD impõe como condição “não se sobrepor à cobertura já prestada pela rede clínica e consultórios privados, no âmbito do programa do cheque-dentista, que vai permanecer tal como está e que recebe faixas da população muito importantes”.
Como sabemos a saúde oral é ainda muito limitada no nosso país. Nos centros de saúde trabalham cerca de 20 dentistas, ou seja, um para cada meio milhão de utentes.

Segundo um trabalho feito pelo Diário de Notícias sobre a medicina dentária no Serviço Nacional de Saúde (SNS), a Organização Mundial de Saúde recomenda um médico dentista para cada 2500 habitantes. Em Portugal estas recomendações são apenas cumpridas no setor privado, onde existem mais de cinco mil clínicas, ou seja, um dentista para cada 1236 habitantes.

Henrique Botelho, coordenador da Reforma para os Cuidados de Saúde Primários, afirma que “mais de 50% da população não tem acesso a cuidados básicos. Uma parte importante não os consegue pagar e um seguro de saúde que garanta esta especialidade é caro”, defendendo que deve existir pelo menos um médico dentista por centro de saúde.

Orlando Monteiro da Silva afirma que todos os esforços estão a ser feitos para assegurar a concretização do projeto, contudo, está dependente do Governo, pois, segundo o mesmo, é “terceiro-mundista um país que não proporciona aos seus cidadãos do seu sistema de saúde acesso aos cuidados de saúde oral”.

Fonte: OMD

PUBLICIDADE

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview