FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde
IPO do Porto celebra 10 anos de esperança
quarta-feira, 16 março 2016 13:22

Mais de 1.600 pessoas participaram, na última década, em ensaios clínicos no IPO do Porto. A 18 de março, por ocasião do início da primavera, este hospital assinala o “Dia da Esperança”, uma data em que se pretende lembrar a importância do papel dos ensaios clínicos no acesso à inovação terapêutica.

 

A iniciativa pretende também homenagear todos os doentes e profissionais de saúde envolvidos, celebrando os 10 anos da Unidade de Investigação Clínica deste hospital.

Neste dia o IPO do Porto vai organizar um conjunto de iniciativas, como uma palestra sobre ensaios clínicos com testemunhos de quem os integrou e a oferta de um kit “Dia da Esperança” a todos os utentes do hospital. A distribuição deste kit, que contem material informativo, didático e flores, será efetuada por várias figuras públicas como Ana Bravo, nutricionista, Carla Ascenção, jornalista do Porto Canal, Cláudia Jaques, relações públicas, Carina Caldeira, jornalista do Porto Canal, Fátima Lopes, estilista e Raquel Strada, apresentadora da SIC que decidiram associar-se a esta iniciativa.

Desde os anos 90 que o IPO do Porto desenvolve ensaios clínicos, tendo reforçado e formalizado esta área em 2006 com a criação da Unidade de Investigação Clínica. Desde então, registou-se um crescimento progressivo e sustentado do número de ensaios clínicos e de doentes recrutados, reduzindo-se o respetivo tempo de implementação, com o consequente ganho em competitividade.

Por estas razões, o IPO-Porto é atualmente um centro de referência para os ensaios clínicos realizados em Portugal na esmagadora maioria das patologias tratadas na instituição. Desde 2006 a Unidade de Investigação Clínica da instituição recrutou mais de 1600 doentes para participar em mais de 230 ensaios clínicos nacionais e internacionais.

Com esta ação, que conta com o apoio da Roche Farmacêutica, o IPO pretende também esclarecer os doentes e desmistificar algumas ideias erradas que ainda persistem sobre os ensaios clínicos, demonstrando que são procedimentos seguros, altamente regulamentados e que têm permitido um acesso mais rápido à inovação terapêutica por parte de quem mais necessita, contribuindo para o avanço científico no combate ao cancro.

PUBLICIDADE

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview