FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde
Rastreios visuais na infância são fundamentais, alertam oftalmologistas
sexta-feira, 20 maio 2016 10:19

A Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) alerta para a importância da deteção precoce dos problemas visuais nas crianças, destacando que o método ideal são os rastreios.

 

Segundo a SPO, as crianças que não fizeram rastreios devem realizar uma consulta de Oftalmologia aos três anos, já que uma grande percentagem apresenta défices da função visual, como os erros refrativos (miopia, hipermetropia e astigmatismo), a ambliopia e o estrabismo.

“Do ponto de vista médico, o ideal é rastrear precocemente. Por isso a SPO está a colaborar com o Ministério da Saúde e a Ordem dos Médicos na criação de um programa de rastreio a realizar aos dois anos nos cuidados de saúde primários do Sistema Nacional de Saúde. Para quem não realizou rastreios mais cedo, é fundamental realizar uma observação oftalmológica entre os três e os quatro anos, pois a criança colabora na avaliação com qualidade e conseguimos recuperar a maioria dos olhos amblíopes, também conhecidos por olhos preguiçosos”, refere Pedro Menéres, membro da direção da SPO.

“Ver bem de um olho e mal do outro pode ser uma situação que passa despercebida e ser só percetível a partir dos 6/7 anos. Contudo, se for diagnosticado apenas nessa idade o seu tratamento é complicado, já não sendo possível reverter essa situação nem recuperar a visão na sua totalidade. Se não ocorreu um diagnóstico mais precoce, o período entre os 3 e os 4 anos é crítico para conseguirmos tratar os problemas de visão de ambliopia que surjam na criança, pois é o período em que o cérebro está a processar se vai aproveitar ao máximo a visão e onde o Oftalmologista pode influenciar se houver necessidade disso”, explica o médico especialista.

A Sociedade Portuguesa de Oftalmologia lembra alguns sintomas que não podem ser ignorados e que devem levar os pais a procurar um oftalmologista, independentemente dos rastreios e consultas:
- Aproximar-se em demasia e constantemente (por exemplo de um televisor) pode ser um sinal;
- Fechar ou tapar um dos olhos;
- Vontade de esfregar os olhos;
- Dores de cabeça;
- Olhos vermelhos ou lacrimejantes, em especial ao final do dia;
- Estrabismo ou fotofobia (dificuldade em suportar a luz).

PUBLICIDADE

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview