FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Imagem Desdobramento
Saúde
Osteopatia pode contribuir para a redução de custos em Saúde

Prevê-se que, em 2030, cerca de 60% do total dos portugueses tenham mais de 40 anos e que o envelhecimento da população se traduza num aumento ainda maior das despesas de Saúde.

 

De acordo com os profissionais da área da osteopatia, este tem sido um tratamento até agora negligenciado pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS) e poderá contribuir para o equilíbrio do sistema ao introduzir um novo conceito de valor e redução de custos.

João Paulo dos Santos Silva, osteopata integral e diretor-geral da clínica OSTEOJP, refere que “em Portugal, já cerca de metade da população nacional recorre à osteopatia, muitas vezes até recomendada por profissionais de medicina convencional. A fisioterapia trata o problema em si, a osteopatia, sobretudo a integral, trata a causa".

O técnico considera que "menos dor equivale a maior e melhor qualidade de vida, logo menor recurso aos serviços médicos do SNS. Existem casos de pessoas que apenas pelo tratamento da dor e por terem maior mobilidade começam, em poucos meses, a apresentar, por exemplo, menores valores de colesterol, diabetes. A melhoria de mobilidade ajuda no combate à obesidade, um dos grandes problemas da sociedade atual. As seguradoras em Portugal começam também agora a aperceber-se da importância da osteopatia, e começam aos poucos a incluí-la nas suas apólices esta terapia”.

Os profissionais desta área defendem que a osteopatia é mais económica que os métodos convencionais devido à aplicação de diagnósticos simples, por meio de palpação ou mobilidade articular, sem consumíveis nem necessidade de pessoal especializado. Para além disto, utiliza as mãos como tratamento, reduzindo custos em relação à série de fármacos utilizados, aos quais acresce a despesa monetária de compra e os efeitos colaterais.

Neste sentido, os osteopatas acreditam que esta alternativa pode fazer a diferença, como uma forma de tratamento eficaz e mais económica para patologias como as reumatismais, bem como para os problemas músculo-esqueléticos, tratando a causa e evitando futuras patologias.

Guia Feridas

Feridas? Saiba como Tratar

PUBLICIDADE

© 2018 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview