FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde
Porque é que nos esquecemos de tomar a pílula?
terça-feira, 27 setembro 2016 12:18

O Passeio Marítimo de Algés recebeu ontem, ao fim da tarde, mais uma ação da campanha “A liberdade começa agora”, na qual diversas figuras públicas ficaram a conhecer os benefícios da contraceção de longa duração, para além das conclusões de um estudo internacional desenvolvido pela Bayer que demonstrou que o stress do dia-a-dia pode potenciar o esquecimento de determinados hábitos diários, nomeadamente a toma da pílula contracetiva. Veja algumas imagens deste momento. 

 

O inquérito internacional “Millennial and Contraception – Why do we forget?” foi promovido pela Bayer através de um questionário online em nove países: França, Alemanha, Itália, Espanha, Bélgica, Irlanda, México, Brasil e EUA. Foram inquiridas 4500 mulheres com idades entre 21 e 29 anos, que tomam contracetivos orais diariamente. A pesquisa examinou a mudança do estilo de vida das mulheres da chamada geração milénio num curto espaço de tempo, e explorou como pode essa mudança afetar hábitos e atividades diárias - incluindo tomar a pílula diariamente.

 

Para Linda Papadopoulos, psicóloga envolvida no estudo, "não é nenhum segredo que os 20 são anos stressantes. Trata-se de uma altura durante a qual grandes decisões são tomadas e ocorrem muitas mudanças, muitas vezes suscetíveis de causar stresse. Na verdade, quando estamos stressados, o nosso cérebro liberta hormonas que se sobrepõem às estruturas do nosso cérebro, críticas para os processos de memória e, consequentemente, podem prejudicar a formação da memória."

 

As mulheres da geração milénio reportaram esquecimentos regulares de algumas atividades diárias, como por exemplo, tomar a pílula, tirar a maquilhagem antes de ir para a cama ou carregar o telemóvel. A toma diária da pílula é uma das tarefas com maiores probabilidades de esquecimento (39% das inquiridas afirmaram ter-se esquecido de tomar a pílula no mês anterior, pelo menos uma vez), seguido (com uma percentagem um pouco inferior) de tirar a maquilhagem antes de dormir. Algumas mulheres afirmaram ainda que se esquecem de tomar a pílula uma ou mais vezes por semana. Vida muito ocupada e não manter a pílula em local visível são as principais razões citadas para o esquecimento.

 

Tina Peers, médica envolvida no estudo, afirma: "embora algumas das tarefas que esta geração de mulheres esquece no dia-a-dia, como não retirar a maquilhagem antes de dormir, tenha consequências mínimas, já outras, como não tomar a pílula contracetiva todos os dias, pode ter consequências nos planos para o futuro e provocar grandes alterações nas suas vidas. As mulheres devem procurar o aconselhamento do seu médico, bem como procurar informação junto dos profissionais de saúdo sobre as opções contracetivas disponíveis que melhor se adaptem à sua saúde e ao seu estilo de vida.”

 

 

“A liberdade começa agora” tem a chancela da Sociedade Portuguesa da Contraceção e da Associação para o Planeamento da Família.

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview