Siga as nossas redes sociais

Saúde
Imagem Desdobramento

Cerca de 20% da população portuguesa sofre de incontinência urinária

Por: Redacção Vital Health

quinta-feira, 16 março 2017 12:13
Como forma de assinalar a Semana da Incontinência Urinária, que está a decorrer desde dia 13 e acaba já amanhã, 17 de março, a Associação Portuguesa de Urologia (APU) alerta que, atualmente, cerca de 20% da população portuguesa acima dos 40 anos sofre de incontinência urinária (IU). Destes, 33% são mulheres e 16% são homens. No entanto, apenas 10% dos doentes contactam o médico, sendo que os restantes recorrem à automedicação.

 

As perdas involuntárias de urina são extremamente comuns e, por isso, é frequente que os doentes não procurem aconselhamento médico adequado. Porém, este é um sintoma que define um problema de Saúde Pública, com um impacto social e económico considerável. Mesmo as mais pequenas perdas de urina têm implicações na qualidade de vida, atingindo o doente a nível físico, social, sexual, psíquico e também emocional.

 

Existem várias formas de incontinência urinária, e podem ser tratadas com medicamentos ou técnicas de reabilitação, e a maioria das cirurgias quase não implicam internamento, sendo a vida normal retomada horas ou poucos dias depois.

 

Fique a conhecer os seis tipos de IU:

 

Incontinência de esforço: Pequenas perdas de urina que acontecem quando o indivíduo se ri, tosse, espirra, faz exercício físico, se curva ou pega em algo pesado.

 

Incontinência por urgência ou imperiosidade: ocorre repentinamente, acompanhada de uma vontade súbita e intensa de ir à casa de banho.

 

Incontinência mista: combinação da incontinência de esforço com a incontinência de urgência.

 

Incontinência por extravasamento: as perdas de urina acontecem quando a bexiga suporta grandes volumes de urina e a pressão do líquido é tão grande que ultrapassa a resistência uretral.

 

Incontinência funcional: causada por incapacidade do doente, em casos de demência ou lesão neurológica grave, como por exemplo Alzheimer ou Parkinson.

 

Enurese noturna: perdas de urina durante o sono. É frequente em crianças, mas podem ocorrer também em idade adulta.

 

Para mais informações, consulte o site da APU.

PUBLICIDADE

© 2022 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview