FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde
Depressão? Ansiedade? Saiba o que pode fazer para superar
sexta-feira, 07 abril 2017 12:14
Hoje, 7 de abril, celebra-se o Dia Mundial da Saúde, este ano dedicado ao tema da depressão, doença que se caracteriza sobretudo por um estado de melancolia, tristeza, perda de interesse pela vida e pelo dia a dia. Tendo sintomas semelhantes, muitas vezes, esta patologia é confundida com a ansiedade.

 

A depressão é um estado emocional e psicológico, manifestando-se com menos frequência a nível físico. As principais causas de depressão passam por ansiedade crónica, evento traumático, perda de um ente querido, insatisfação pessoal ou profissional, ou alterações fisiológicas.

 

Por outro lado, a ansiedade é igualmente um estado emocional psicológico, mas também físico que se caracteriza sobretudo pela preocupação excessiva, constante e, muitas vezes, sem causa aparente. Manifesta-se por ataques de pânico, inquietação, fadiga crónica, excesso de energia, alterações do sono, alterações do humor, alterações hormonais, palpitações e/ou aperto no peito, alterações gastrointestinais, dores musculares sobretudo na zona do pescoço e cervical, medos e fobias. As causas podem ser várias: evento traumático, depressão, má alimentação, stress laboral ou pessoal, entre outras.

 

“A ansiedade, tal como a tristeza são reações naturais a determinadas experiências. No entanto, devem ocorrer com uma curta duração e ser ultrapassadas num curto espaço de tempo. Se estes estados se prolongarem mais que o habitual e de alguma forma se tornarem incapacitantes, devemos estar alerta e procurar ajuda de um profissional de Saúde”, explica Cátia Amoreirinha, naturopata no Gabinete de Saúde.

 

Entre outros recursos, a alimentação contribui tanto para a prevenção como para o tratamento e existem nutrientes que são fundamentais para combater a ansiedade e a depressão pelos nutrientes e fitoquímicos presentes. Devemos procurar alimentos frescos, de fácil digestão, ricos em água e fibras, vitaminas e minerais, evitar os açúcares, leite, bebidas excitantes, e as gorduras, e preferir frutas e vegetais.

 

A ingestão destes alimentos naturais de forma regular ajuda a superar estados de ansiedade e depressão:

 

- Leguminosas: alimentos ricos em triptofano e fibras, que ajudam na regulação do humor;

 

- Frutas: como o melão, melancia ou abacate que também contém triptofano;

 

- Frutos secos: alimentos ricos em triptofano, ómegas, zinco, selénio e magnésio que auxiliam as funções cognitivas e melhoram o humor;

 

- Peixe: ricos em ómega 3 que melhoram a função cognitiva e conferem energia;

 

- Ovos e cogumelos: ricos em vitaminas do complexo b que auxiliam nas funções cognitivas, na memória e concentração;

 

- Cereais integrais: ricos em vitaminas do complexo b, ferro e fibra, devem fazer parte da dieta diária sobretudo ao pequeno-almoço;

 

- Maca: é um superalimento obtido de uma raiz que contém propriedades fitoquímicas que aumentam a energia, conferem nutrientes necessários ao bem-estar e ao humor. Deve ser tomada ao pequeno-almoço, num iogurte ou batido;

 

- Mel: um alimento extremamente nutritivo e que aumenta os níveis de seretonina;

 

- Infusões de camomila, passiflora, tília e cidreira.

 

Para mais informações consulte o site www.gabinetedesaude.pt.

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview