FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 812

Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP): a importância do médico de família
quarta-feira, 10 abril 2013 15:34

Numa população marcada pelo envelhecimento é natural o aumento da prevalência das patologias prostáticas. Para o Dr. Tomé Lopes, presidente da Associação Portuguesa de Urologia (APU) e especialista do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, face ao aparecimento dos primeiros sintomas, os doentes devem procurar de imediato o seu médico de família, que também "terá mais oportunidade de fazer a vigilância nos homens com mais de 55 anos".


No perspetiva do urologista, o médico de família pode acompanhar e tratar os doentes com sintomas ligeiros a moderados, bem como aqueles que, após intervenção urológica mais invasiva, estabilizam a doença e voltam aos cuidados de saúde primários. "Sobretudo neste segundo grupo de doentes, o médico de família deve estar particularmente atento ao aparecimento de novas complicações que impliquem a re-referenciação para a especialidade", alertou o Dr. Tomé Lopes.

 

 

Tratamento

 

O tratamento dos doentes com sintomas ligeiros a moderadores é, essencialmente, farmacológico, sendo os alfa-bloqueantes e os inibidores da 5-alfa-reductase as classes de fármacos mais utilizadas.

 

"Os alfa-bloqueantes permitem um alívio sintomático rápido e ajudam o doente a urinar melhor. Por sua vez, os inibidores da 5-alfa-reductase estão associados a uma redução do volume da próstata e a uma melhoria mais tardia dos sintomas. Além disso, previnem ou atrasam a necessidade de cirurgia, bem como complicações como a retenção urinária aguda", descreveu o especialista.

 

Os doentes que não respondem a estes tratamentos, que têm sintomas mais graves ou que já têm complicações da HBP que impliquem uma intervenção mais agressiva, nomeadamente procedimentos cirúrgicos, que têm uma PSA mais elevada, uma próstata mais volumosa, infeções urinárias recorrentes, afeção renal, litíase da bexiga ou retenção urinária devem ser encaminhados para a consulta de Urologia.

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview