FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde
Coligação internacional pede melhores condições para os doentes com cancro do pâncreas
sexta-feira, 17 novembro 2017 11:12
Na data em que se assinalou o Dia Mundial do Cancro do Pâncreas, 16 de novembro, a World Pancreatic Cancer Coalition apresentou a campanha “Exigir mais. Pelos Pacientes. Pela Sobrevivência.” que pretende alertar para a importância de um diagnóstico precoce que permita inverter a tendência de elevada mortalidade desta doença.

 

Citado em comunicado de imprensa, Vítor Neves, presidente da Europacolon Portugal, a representante portuguesa na Coligação internacional, alerta para a necessidade de inverter a tendência do diagnóstico do cancro do pâncreas num estadio avançado, bem como para incentivar um maior investimento na investigação orientada para novas formas de diagnóstico e tratamento. “A investigação do carcinoma do pâncreas recebe menos de 2% de todos os financiamentos para a investigação do cancro na Europa, número este que se tem mantido nos últimos 40 anos, o que indica que é urgente alterarmos esta realidade”, revela.

 

Recorde-se que a patologia representa um dos cancros com a mais baixa taxa de sobrevivência, estimando-se que, se nada for feito, o cancro do pâncreas seja a 4.ª causa de morte por cancro em 2020.

 

Para assinalar a efeméride, a Europacolon Portugal organizou, ontem de manhã, um evento sob o mote “A Prevenção e Diagnóstico Precoce no Cancro Pancreático”, em que vários especialistas discutiram a importância da prevenção, do diagnóstico precoce, do investimento na investigação e iniciativas desenvolvidas no mundo e em Portugal para controlo da doença.

 

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview