FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Vacinação também é prevenção
terça-feira, 23 abril 2013 10:05

artigo eiw logo en 6f937Lembrar que as crianças têm direito de ser vacinadas é um aspeto que a Direção-Geral da Saúde (DGS) pretende reforçar durante a Semana Europeia da Vacinação, assinalada de 22 a 27 de abril, com o lema "Vacinar é proteger - vacine-se, não custa nada!". É a oitava edição comemorativa da Organização Mundial da Saúde e a quarta em que Portugal participa. Este ano a OMS escolheu como mote "Impedir. Proteger. Imunizar ".

 

Durante esta semana os diversos países, que aderem à campanha, vão tentar sensibilizar a comunidade para a importância da imunização e tentar aumentar a cobertura da vacinação.

 

Por cá, a DGS aproveita para lembrar as razões pelas quais a vacinação é prioridade. No Portal da Saúde vem referido que em 2011 os surtos de sarampo na Europa somaram mais de 32 mil casos, 8 mortos e 27 casos de encefalite. Assim, durante esta semana, será dado ênfase à vacinação enquanto meio de salvação de doenças que ainda representam risco para a saúde.

 

A implementação de programas de vacinação salva cerca de três milhões de vidas por ano no mundo e previne a incapacidade para toda a vida em muitos milhões de pessoas, refere o Portal da Saúde. O Programa Nacional de Vacinação (PNV) foi implementado no nosso País, em 1965, de forma universal e gratuita para todas as pessoas presentes no país e sem necessidade de prescrição médica. Mas, apesar de ser um programa com sucesso, ainda ocorrem mortes por doenças evitáveis com vacinação, como seja como o tétano na idade adulta.


A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) aproveita a Semana Europeia da Vacinação para alertar para a importância de prevenir infeções por pneumococos, como a pneumonia, a meningite e a septicémia, através da vacinação.


O pneumococo causa cerca de 3 milhões de mortes, por ano, em todo o mundo. No que respeita à pneumonia, um estudo recente desenvolvido pela Comissão de Infeciologia Respiratória da SPP, revela que é responsável pelo internamento de uma média de 81 adultos por dia, dos quais 16 acabam por morrer. Apesar da maior incidência na época das gripes, a pneumonia não é sazonal e há mortes e internamentos durante os 12 meses do ano.


«A vacinação é a melhor forma de prevenção e pode ser feita em qualquer altura do ano», diz Carlos Robalo Cordeiro, presidente da SPP. «Ao contrário do que se pensa, a pneumonia não é sazonal. Há internamentos e mortes por pneumonia ao longo de todo o ano, pelo que consideramos que a prevenção deve constituir um ato contínuo na relação médico-doente».


Também têm aumentado os casos de pneumonia adquirida na comunidade: entre 2000 e 2009, ocorreram cerca de 8 milhões de episódios de internamentos de adultos em instituições do Serviço Nacional de Saúde em Portugal continental, dos quais 294.027 tinham pneumonia como diagnóstico principal.


A Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve também não deixou passar em branco as comemorações e, através do Departamento de Saúde Pública e Planeamento, preparou material informativo sobre vacinação. Está em formato "pergunta-resposta" e pode ser consultado no site da ARS Algarve.

 

 

PUBLICIDADE

© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview