FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde
Nova lente de contacto diminui a progressão da miopia em crianças
segunda, 15 janeiro 2018 11:08

Uma nova lente de contacto conseguiu reduzir em 59% a progressão de miopia em crianças dos oitos aos 12 anos. O ensaio clínico, realizado por uma equipa internacional, que inclui o Centro de Física da Universidade do Minho, teve início em 2012 e conta também com a participação de universidades como as Universidades de Aston (Reino Unido), de Waterloo (Canadá) e o Hospital Universitário de Singapura.

 

As crianças que usaram a lente de contacto especial durante três anos apresentaram um crescimento ocular de 0.5 milímetros, menos de metade face às outras crianças. “É possível atrasar o crescimento do olho humano com dispositivos óticos”, explica José González-Méijome, diretor do Laboratório de Investigação em Optometria Clínica e Experimental (CEORLab) do Centro de Física da Universidade do Minho, que trata esta linha de estudo precursora há 15 anos e que lançou, na passada quinta-feira, este estudo.
 
Mas afinal o que é que estas lentes de contacto têm de especial? “[As lentes] distinguem-se pela distribuição específica da potência, o seu desenho ótico, que vai alterar a imagem que se forma na retina, estimulando menos o crescimento do olho”, esclarece o especialista.
 
Sobre a causa da miopia, uma doença que se carateriza pela perda de visão ao longo, o especialista refere o crescimento excessivo do olho. Por cada milímetro que o olha aumenta, a miopia aumenta três dioptrias. Quando atinge menores de 10 anos, a patologia costuma progredir de forma acentuada na idade adulta, tendo tendência a apresentar valores elevados. Estes valores podem originar doenças da retina e do nervo ótico, entre elas glaucoma, uma doença grave que surge na sequência do aumento intraocular, descolamento da retina e até mesmo cegueira.
© 2019 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview