FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Imagem Desdobramento
Saúde
Quase um quarto dos portugueses diz ter dificuldades em ouvir
De acordo com os resultados do Inquérito Nacional de Saúde com Exame Físico (INSEF), realizado pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), quase um quarto dos portugueses apresenta dificuldades em ouvir e, dos que utilizam prótese auditiva, metade refere continuar a ouvir mal. Estes dados referem-se à população residente em Portugal em 2015, com idades compreendidas entre os 25 e os 74 anos, tendo sido estudadas 4.911 pessoas.

 

Questionados sobre dificuldades em ouvir "o que é dito numa conversa", 1,6 milhões de portugueses (23,7%) responderam que as sentem. A existência de dificuldades auditivas foi mais frequente no grupo etário dos 65 aos 74 anos (41,7%), seguindo-se o dos 55 aos 64 anos (33,7%) e, em último, o grupo entre os 25 e os 34 anos (13,2%).

 

O Alentejo é a região onde se registam mais portugueses com dificuldades auditivas: 28,6%. Em termos de distribuição geográfica, segue-se a região Centro (26,4%), Norte (23,5%), Lisboa e Vale do Tejo (22,7%) e Algarve (14,6%).

 

As dificuldades auditivas são mais frequentes nas pessoas sem atividade profissional (39,1%), seguindo-se os desempregados (19,5%) e os empregados (17,8%).

 

Os dados indicam ainda que 2,7% diz usar prótese auditiva, sendo que metade continua a sentir dificuldades auditivas.

 

Fonte: SNS
Guia Feridas

Feridas? Saiba como Tratar

PUBLICIDADE

© 2018 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview