FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde
Diabetes tipo 2: atividade física essencial no controlo do açúcar no sangue e na melhoria da saúde cardiovascular
quarta-feira, 16 janeiro 2019 11:49
A prática de atividade física é fundamental para as pessoas com diabetes tipo 2 e essencial para controlar o açúcar no sangue e na melhoria da saúde do coração. Esta é uma das conclusões descritas no artigo mais recente da European Association of Preventive Cardiology da European Society of Cardiology (ESC), publicado ontem, 15 de janeiro.

 

Num comunicado divulgado à comunicação social, o Dr. Hareld Kemps, cardiologista no Máxima Medical Centre, Holanda, afirma que os “estilos de vida e dietas que não sejam saudáveis são os principais fatores que levam ao aumento das pessoas com diabetes tipo 2 e problemas cardiovasculares, como os ataques cardíacos”.

 

O autor principal do artigo acrescenta, ainda, que “os diabetes duplicam o risco de mortalidade, mas em utentes mais magros esse risco diminui”. No entanto, a “maioria das pessoas com diabetes não pratica exercício físico”.

 

Tendo em conta este mais recente estudo, uma em cada 11 pessoas tem diabetes, e 90% destes casos é diabetes tipo 2. Quase todas as pessoas portadoras desta doença contraem complicações cardiovasculares, a principal causa de morte neste grupo.

 

Como motivar as pessoas com diabetes tipo 2 a praticarem atividade física?

 

O artigo fornece, ainda, recomendações práticas para os médicos, de forma a conseguirem motivar os utentes para fazerem da atividade física parte das suas rotinas diárias, para definirem metas alcançáveis e mensuráveis e projetar programas de treino de exercícios personalizados para atingir os objetivos.

 

O especialista refere ainda que aconselhar a prática de atividade física aos doentes não costuma ser suficiente, tendo em conta que “devem ser avaliados quanto às comorbilidades, aos riscos ligados ao exercício e às preferências pessoais”.

 

Os planos, a serem estipulados e seguidos pelos médicos, devem definir objetivos que possam ver resultados numa primeira fase e, que possam ser mensuráveis e adaptados às rotinas e preferências das pessoas com diabetes tipo 2. A orientação remota também aparenta ser promissora, uma vez que os utentes conseguem orientar-se a si próprios com smartwatches, que depois enviam os dados para um profissional de saúde para terem um feedback dos resultados.

 

Para o especialista, os objetivos práticos e específicos tendem a ser motivadores. “Para as pessoas mais velhas, o exemplo pode passar por subir as escadas em casa ou caminhar até ao supermercado – conquistas que vão realmente melhorar a qualidade de vida”. “Ser capaz de tomar menos medicamentos por causa de um melhor controlo glicémico também é um incentivo”, explica o Dr. Hareld Kemps.

 

Os dois primeiros alvos clínicos são a aptidão cardiorrespiratória e o controlo glicémico. De acordo com a investigação, ambos melhoram com o exercício físico, cujos benefícios podem ser efetivamente medidos, estando diretamente relacionados com o bem-estar, a morbidade e a mortalidade. O exercício também ajuda a reduzir a pressão arterial e lípidos no sangue prejudiciais.

 

Quanto à perda de peso, o especialista diz ser difícil alcançar esta meta “apenas com exercício físico e, se esse for o principal objetivo, os utentes podem ficar desmotivados e acabar por desistir”. “A perda de peso é importante. No entanto, a intervenção deve ser multidisciplinar e incluir nutrição”, realça.

 

No que diz respeito à intensidade do exercício, precisa de ser específico para cada pessoa. O treino intercalado com alta intensidade – por exemplo, alternar com caminhadas moderadas e com mais apressadas – é mais eficaz a melhorar a condição física e a controlar o açúcar no sangue. No entanto, pode não ser seguro para pessoas que desenvolvam arritmias (ritmo cardíaco anormal) durante a prática de exercício físico ou que tenham isquemia (fluxo sanguíneo restrito ao coração).

 

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview