FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Identificação de perfis metabólicos melhora terapêutica das doenças neuropsiquiátricas
terça-feira, 28 maio 2013 10:23

artigo 232004 4fbfaInvestigadores da Universidade de Coimbra identificaram quatro perfis metabólicos da população portuguesa, os quais têm implicações nas doenças neuropsiquiátricas. O estudo vai permitir melhorar as soluções terapêuticas.

 

 

A equipa liderada por Manuela Grazina, coordenadora do Laboratório de Bioquímica Genética do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) e docente da Faculdade de Medicina da Universidade Coimbra (FMUC), focou-se em identificar as alterações genéticas, características dos perfis de metabolização do gene CYP2D6, que codifica uma das principais enzimas envolvidas no metabolismo dos fármacos utilizados para tratar doenças neuropsiquiátricas, como a depressão ou a toxicodependência.


Foram identificados quatro principais perfis de metabolização: ultrarrápidos, muitos lentos, extensivos e intermédios. Os dois primeiros são altamente problemáticos porque a eficácia do fármaco administrado depende da forma como o organismo o processa. "Se a reação é muito lenta, o medicamento acumula-se no organismo e pode gerar efeitos indesejáveis. Se a reação é muito rápida, o fármaco é degradado, influenciando igualmente a resposta terapêutica. Ou seja, as características genéticas de cada individuo decidem a eficácia dos fármacos consumidos e o aparecimento de efeitos tóxicos", explicou a coordenadora do estudo.


O estudo envolveu 300 voluntários adultos portugueses, de várias regiões, e permitiu concluir que mais de 665 mil portugueses possuem o perfil de metabolizadores lentos e 496.422 ultra rápidos.


Os resultados vão contribuir para melhorar a segurança dos medicamentos, bem como a prática clínica porque permite que o médico prescreva tanto a medicação como a dose mais adequadas à pessoa.


Esta pesquisa, que vai prosseguir com a investigação deste e de outros genes, integra um projeto do Consortium of the Ibero-American Network of Pharmacogenomics and Pharmacogentics – RIBEF, através do qual também foram traçados os perfis das populações do Brasil, de Espanha e de Cuba, entre outras.

 

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview