FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Malnutrição provoca 45% das mortes na infância
sexta-feira, 07 junho 2013 15:26

artigo fhe118 8b575Os primeiros mil dias de vida têm consequências para a saúde. Esta é uma constatação de um estudo divulgado recentemente pela revista Lancet, que também indica que a malnutrição é responsável por 45% das mortes de crianças com menos de cinco anos, isto é, cerca de 3,1 milhões de pessoas.

 

 

 

A malnutrição tanto pode resultar do excesso de peso como de problemas de subnutrição. Em ambas as condições, é causada por um desequilíbrio entre as necessidades do organismo e o consumo de nutrientes essenciais. Os bebés e as crianças com pouco apetite constituem um grupo de risco, mas também os idosos, as grávidas, os doentes oncológicos e as pessoas que se submetem a dietas agressivas.


De acordo com um relatório das Nações Unidas, estima-se que os custos sociais e económicos da malnutrição rondam os 2,66 biliões de euros por ano.


Os investigadores da John Hopkins Bloomberg School of Public Health, de Baltimore, Estados Unidos, concluíram que aproximadamente 900 mil vidas poderiam ter sido salvas em 34 países, se dez intervenções nutricionais tivessem sido alargadas a 90% da população.


Liderados por Robert Black, investigaram países de baixo ou médio rendimento e, entre outras conclusões, sublinharam que o ciclo de pobreza não deve ser quebrado se a nutrição não for uma área prioritária.

 

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview