FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde
Os acontecimentos marcantes que nos fazem engordar
terça-feira, 28 janeiro 2020 11:53
É comum que o peso oscile ao longo da vida, mas existem circunstâncias com mais peso que outras. É o caso de doença, disfunção hormonal, envelhecimento, stress, entre outras. Um grupo de professores da Universidade de Cambridge identificou os três momentos-chave que nos fazem aumentar uns quilos.
 
“Entre os 15 e os 35 anos as pessoas ganham peso e queríamos saber se existem eventos específicos da vida que contribuem para esse aumento”, esclareceu Eleanor Winpenny, investigadora na Universidade de Cambridge, à Sky News.
 
Depois de analisar dezenas de estudos, o grupo de investigadores concluiu que ir a universidade, começar a trabalhar e ser pai ou mãe são as fases da vida em que muitas pessoas ganham peso. Estes momentos coincidem também com a diminuição da prática de exercício físico e do aumento de maus hábitos alimentares.
 
O primeiro conjunto de seis estudos monitorizou o peso de mulheres que eram mães ao longo de vários anos, quando comparado com mulheres que não tiveram filhos. Uma mulher de estatura média, com 1,60 metros, e que não tivesse filhos ganhou cerca de 7,5kg ao longo de seis anos, ao passo que uma mulher da mesma estatura, mas que tivesse sido mãe, aumentou 8,3kg.
 
Outro dos trabalhos analisou o impacto de ser pai no peso, verificando que não existem alterações significativas: “a paternidade é uma fase em que os estilos de vida mudam. Obviamente, há desafios quando se tem um filho, mas também é uma oportunidade para as pessoas refletirem sobre os seus próprios estilos de vida e sobre como podem ser mais saudáveis e ativas”, explicou Eleanor Winpenny.
 
Quanto ao segundo conjunto de investigações, observaram a relação entre o tempo de atividade física, o aumento de peso, a dieta e a transição do ensino secundário para a universidade ou emprego. Os académicos concluíram que o aumento mais significativo se deu na transição do ensino secundário para a universidade, na qual os níveis de exercício físico desceram 11,4 minutos por dia.
 
Nove dos 19 estudos analisados mostraram que o abandono do ensino secundário está relacionado com uma diminuição de 6,7 minutos de exercício físico moderado nas mulheres, e a 16,4 minutos nos homens. Já o primeiro emprego, está também associado ao aumento de peso e à falta de exercício, de acordo com outros três estudos.
 

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview