FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Sol: crianças são grupo de risco nas lesões oculares
quinta-feira, 20 junho 2013 12:11

Kids artigo 218d9A Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) lançou um alerta para a importância de proteger adequadamente os olhos da luz do sol, a propósito do verão que começa dia 21 de junho e naturalmente do aumento dos índices de radiação UV. As crianças, pela maior transparência das estruturas oculares, e as pessoas que trabalham ao ar livre, pela dose acumulada de radiações UV são grupos de risco no desenvolvimento de lesões oculares provocadas pela luz solar.

 

 


Paulo Torres, presidente da SPO, refere que "este alerta desperta a população, já conhecedora dos riscos da exposição solar prolongada na pele, para o facto de que a luz solar pode estar na origem de doenças graves a nível ocular, sendo estas passíveis de serem prevenidas e evitadas com proteção ocular adequada".


Ainda que não haja uma determinação exata da suscetibilidade do olho à radiação, doses elevadas produzem fotoconjuntivite (inflamação da conjuntiva) e fotoqueratite (inflamação da córnea). As exposições prolongadas, mesmo a baixas intensidades estão relacionadas com patologias mais graves como cataratas, pterígio, carcinomas e/ou degenerescência macular da retina.


Para proteger a saúde ocular deve-se "evitar a exposição solar, principalmente quando o tamanho da nossa sombra é menor do que o nosso tamanho real (entre as 11h00 e as 16h00. É também aconselhável o uso de chapéu e óculos escuros de boa qualidade, que ofereçam proteção adequada aos seus olhos, não apenas durante o verão, mas sim durante todo o ano", disse Vítor Leal, coordenador do grupo de Ergoftalmologia da SPO.

 

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview